restauração

McDonald’s quer mil novos colaboradores até ao final do ano para todo o país

4. MCDONALD'S

Cadeia de restauração já emprega 6.500 trabalhadores nos 167 restaurantes da multinacional no mercado português

A McDonald’s quer reforçar até ao final do ano as suas equipas com mais de mil novos colaboradores, para os seus 167 restaurantes em todo o país.

“A McDonald’s constitui uma porta aberta para a integração no mercado de trabalho de todos os que nos procuram com diversas motivações e objetivos. A criação e desenvolvimento de competências em diversas áreas – como o trabalho em equipa, o sentido de responsabilidade, disciplina, o companheirismo, a polivalência e resiliência, entre outras – permite desenvolver uma série de caraterísticas interpessoais e comportamentais, muito relevantes para a integração no mercado de trabalho e em qualquer empresa, constituindo uma ‘formação para a vida’. É por isso que, cada vez mais, é valorizada a experiência de quem já passou pela McDonald’s, o que nos deixa bastante orgulhosos”, diz Sofia Mendoça, diretora de recursos humanos da cadeia de restauração.

Leia mais: McDonald’s quer ser líder nas entregas ao domicílio até 2020

Atualmente a cadeia conta com cerca de 6 500 colaboradores, a trabalhar nos 167 restaurantes da McDonald’s no Continente e Ilhas, dos quais mais de 90% são geridos por empresários locais, franquiados da empresa.

Para promover esta oportunidade, a cadeia tem uma campanha digital, com criatividade da TBWA\Lisboa. “Com esta campanha de recrutamento, através do sentido de humor, quisemos demonstrar que sabemos que a experiência não é sempre um fator decisor e que privilegiamos o entusiasmo e vontade de aprender, dado que a formação e experiência profissional podem ser adquiridas ‘on the job’”, reforça Sofia Mendoça.

A cadeia fechou o ano passado com vendas próximas dos 380 milhões, um crescimento de 12%. Expandir a rede e conceitos como McCafés ou os Quiosques dos Gelados estava nos planos da cadeia em 2018 e nos quais anunciou investir 25 milhões.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Francisco São Bento, presidente do SNMMP. Foto: Sara Matos/Global Imagens

Cinco momentos chave numa greve de sete dias

Primeiro-Ministro, António Costa (Pedro Granadeiro / Global Imagens)

António Costa: Fim da “crise energética” a partir da meia-noite

(DR)

Banca europeia perde milhões em Bolsa. Espera-se nova onda de fusões

Outros conteúdos GMG
McDonald’s quer mil novos colaboradores até ao final do ano para todo o país