restauração

McDonald’s quer mil novos colaboradores até ao final do ano para todo o país

4. MCDONALD'S

Cadeia de restauração já emprega 6.500 trabalhadores nos 167 restaurantes da multinacional no mercado português

A McDonald’s quer reforçar até ao final do ano as suas equipas com mais de mil novos colaboradores, para os seus 167 restaurantes em todo o país.

“A McDonald’s constitui uma porta aberta para a integração no mercado de trabalho de todos os que nos procuram com diversas motivações e objetivos. A criação e desenvolvimento de competências em diversas áreas – como o trabalho em equipa, o sentido de responsabilidade, disciplina, o companheirismo, a polivalência e resiliência, entre outras – permite desenvolver uma série de caraterísticas interpessoais e comportamentais, muito relevantes para a integração no mercado de trabalho e em qualquer empresa, constituindo uma ‘formação para a vida’. É por isso que, cada vez mais, é valorizada a experiência de quem já passou pela McDonald’s, o que nos deixa bastante orgulhosos”, diz Sofia Mendoça, diretora de recursos humanos da cadeia de restauração.

Leia mais: McDonald’s quer ser líder nas entregas ao domicílio até 2020

Atualmente a cadeia conta com cerca de 6 500 colaboradores, a trabalhar nos 167 restaurantes da McDonald’s no Continente e Ilhas, dos quais mais de 90% são geridos por empresários locais, franquiados da empresa.

Para promover esta oportunidade, a cadeia tem uma campanha digital, com criatividade da TBWA\Lisboa. “Com esta campanha de recrutamento, através do sentido de humor, quisemos demonstrar que sabemos que a experiência não é sempre um fator decisor e que privilegiamos o entusiasmo e vontade de aprender, dado que a formação e experiência profissional podem ser adquiridas ‘on the job’”, reforça Sofia Mendoça.

A cadeia fechou o ano passado com vendas próximas dos 380 milhões, um crescimento de 12%. Expandir a rede e conceitos como McCafés ou os Quiosques dos Gelados estava nos planos da cadeia em 2018 e nos quais anunciou investir 25 milhões.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Trabalhos de descarga de contentores no Porto de Sines, 12 de fevereiro de 2020. TIAGO CANHOTO/LUSA

Exportações com quebra de 17% na primeira metade do ano

Isabel Camarinha, líder da CGTP, fala aos jornalistas após audiência com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, no Palácio de Belém, em Lisboa, 30 de julho de 2020. (MIGUEL A. LOPES/LUSA)

CGTP. Governo nega complemento a quem esteve em lay-off sem justificação

spacex-lanca-com-sucesso-e-pela-primeira-vez-a-nave-crew-dragon-para-a-nasa

SpaceX lança 57 satélites para criar rede mundial de Internet de alta velocidade

McDonald’s quer mil novos colaboradores até ao final do ano para todo o país