Meo vai atualizar preços em 2021. Vodafone sem "aumentos generalizados". NOS não vai mexer nos preços

Face ao impacto do leilão do 5G, o Meo está equacionar medidas "em termos de mercado, investimento e inovação, como forma de assegurar a sustentabilidade da empresa".

O Meo vai atualizar os preços base dos tarifários pacote a partir do início do próximo ano, já a Vodafone diz que não estão previstos "aumentos generalizados de preços". A NOS garante que não vai mexer nos preços.

"O Meo procederá a uma atualização de preço base de mensalidade em tarifários/pacotes, com efeitos a 1 de janeiro de 2021, de acordo com o previsto contratualmente. Os clientes abrangidos pela atualização de preços foram devida e atempadamente informados, em cumprimento de todos os preceitos contratuais e legais", adianta fonte oficial da operadora da Altice Portugal. Os novos preços podem ser consultados no site da operadora.

Veja o que muda aqui

A operadora liderada por Alexandre Fonseca deixa ainda um aviso. "Face ao cenário de grande instabilidade e ambiente relatório hostil e à incerteza no que toca ao leilão do 5G, a Altice Portugal, atento aos graves impactos e consequências expectáveis do Leilão, está a equacionar quais as futuras medidas a adotar em termos de mercado, investimento e inovação, como forma de assegurar a sustentabilidade da empresa".

Na Vodafone não estão previstas "aumentos generalizados", garante fonte oficial, sem precisar quais os eventuais pacotes ou tarifários que poderão sofrer alterações. "À semelhança do que aconteceu no ano passado, não estão previstos aumentos generalizados de preços", diz apenas fonte oficial da operadora liderada por Mário Vaz.

No caso da NOS, na operadora não estão previstas alterações nos preços da oferta. "Não vamos mexer nos preços", garante fonte oficial da operadora liderada por Miguel Almeida.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de