eletricidade

Mercado liberalizado de eletricidade chega aos cinco milhões em setembro

luzes, lâmpadas, iluminação

Desde setembro de 2017 que a entrada de consumidores no mercado liberalizado tem registado uma taxa média de crescimento mensal de 0,2%

O número de consumidores que optaram pelo mercado liberalizado de eletricidade totalizou 5,070 milhões em setembro, correspondendo a um aumento de 2,9% relativamente ao mesmo mês de 2017 e de 0,2% face agosto, foi hoje divulgado.

De acordo com um comunicado da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), desde setembro de 2017 que a entrada de consumidores no mercado liberalizado tem registado uma taxa média de crescimento mensal de 0,2%, resultando num total acumulado de 2,9% num ano.

Em termos de consumo, verificou-se um crescimento de 41 GWh comparativamente a agosto deste ano, para 42.768 GWh, o que representa um acréscimo de 0,1%.

O consumo cresceu cerca de 2,6% face ao mês de setembro de 2017.

O consumo no mercado livre de eletricidade agregava em setembro cerca de 93,6% do consumo total registado em Portugal continental.

Em setembro de 2018 entraram 23.141 clientes no mercado livre, tendo 6.035 transitado do mercado regulado e 17.106 entrado diretamente para as carteiras de comercializadores em regime de mercado.

Foram ainda registadas 34.898 mudanças de carteira entre comercializadores do mercado liberalizado.

A EDP Comercial manteve-se como o principal comercializador em número de clientes, com 81,3% do total do mercado liberalizado, o que representa uma redução de 0,2 pontos percentuais face a agosto de 2018 e de 3,3 pontos percentuais relativamente a setembro do ano passado.

A nível de consumo anualizado, este operador continua a deter a maior quota de mercado, com 41,7% do mesmo.

A Endesa manteve em setembro a sua liderança no segmento de clientes industriais (27%), enquanto a Iberdrola possui a maior quota de mercado no segmento dos grandes consumidores (31%).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Banco de Portugal

Bancos concederam moratórias a 741 623 empréstimos entre março e junho

Pingo Doce

PD. Sindicato quer impugnar no Tribunal “golpada” no referendo do banco de horas

Hiper Pingo Doce__00266

Sindicato leva banco de horas do Pingo Doce a tribunal

Mercado liberalizado de eletricidade chega aos cinco milhões em setembro