Mercadona aprova investimento de 400 milhões para Portugal

Com 20 lojas em Portugal, a cadeia fechou o ano passado com receitas de 186 milhões de euros. Registou o ano passado prejuízos de exploração de 83 milhões de euros, uma melhoria de 13,5%, face aos 96 milhões do ano anterior.

A Mercadona aprovou no início do ano um investimento de 400 milhões de euros para o desenvolver o negócio da cadeia espanhola em Portugal. Trata-se de um "investimento a longo prazo para diferentes iniciativas", diz fonte oficial da cadeia, sem precisar datas. Este ano está prevista a injeção de 150 milhões e a abertura de nove supermercados, bem como a construção de uma nave logística na Póvoa do Varzim (cerca de 20 milhões) e o centro de co-inovação em Lisboa.

"Os 400 milhões de euros dizem respeito a um investimento realizado a longo prazo para diferentes iniciativas como a abertura de novas lojas, o bloco logístico de Almeirim, entre outras estruturas. Sendo que os 150 milhões de euros anunciados são o investimento para 2021", precisa fonte oficial da cadeia em declarações ao Dinheiro Vivo.

O investimento em Portugal, primeiro mercado de internacionalização da cadeia, foi noticiado pelo El Economista, citando as contas da empresa fundada por Juan Roig. De acordo com a mesma publicação, a filial portuguesa do retalhista espanhol, a Irmadona, registou o ano passado prejuízos de exploração de 83 milhões de euros, uma melhoria de 13,5%, face aos 96 milhões do ano anterior.

Com 20 lojas em Portugal, a cadeia fechou o ano passado com receitas de 186 milhões de euros, tendo na apresentação de contas do ano passado Juan Roig destacado que as lojas em Portugal registam em média mais 10% de vendas do que as suas congéneres espanholas.

"Em qualquer projeto de internacionalização, primeiro há que investir e criar o projeto", sintetiza fonte oficial da cadeia em Portugal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de