Mercadona já está a contratar para a nova loja da zona de Sintra

Estão abertas as primeiras vagas para operadores de supermercados no distrito de Lisboa, marcando assim a expansão da Mercadona a sul no próximo ano.

A cadeia espanhola de supermercados Mercadona anunciou esta segunda-feira o início do processo de contratação de 65 trabalhadores para a futura loja em Algueirão-Mem Martins, Sintra. Estas serão as primeiras vagas para operadores de supermercado no distrito de Lisboa.

Além da abertura desta loja na zona de Sintra, o próximo ano marca também a expansão para a Margem Sul do Tejo, com aberturas previstas para o Montijo e Setúbal. Mais a norte, prevê-se que a Mercadona expanda ainda nas zonas de Guimarães, Braga, Póvoa do Varzim, e, no centro do País, em Santarém.

Em comunicado, a cadeia de supermercados avança que irá contratar cerca de 65 colaboradores para todas as secções, em regime de part-time e full-time, para a futura loja de ​​​​​​​Algueirão-Mem Martins.

"A empresa continua a apostar na criação de emprego e, por esse motivo, as novas ofertas mantêm o compromisso de formar uma equipa focada na excelência e no serviço, altamente motivada e alinhada com a visão da empresa", pode ler-se na mesma nota. "Para isso, além de um salário atrativo e contrato de efetividade desde o primeiro dia, a Mercadona oferece aos seus colaboradores a possibilidade de evoluírem dentro da empresa, recorrendo a políticas de formação constante e adaptada ao posto a desempenhar. Por este motivo, os candidatos deverão ter disponibilidade para realizar a sua formação na zona norte de Portugal, num período de 6 a 10 meses".

Os candidatos deverão aceder ao site da Mercadona e na secção "Emprego" poderão verificar as ofertas disponíveis. Já é possível responder às ofertas para operadores de loja em Sintra, para secções como Talho; Charcutaria; Peixaria; Frutaria; Padaria; Perfumaria; Caixas; Reposição; Cargas e Descargas; Limpeza; Pronto a comer. Em relação ao salário, em full-time (40 horas semanais com folgas rotativas), o anúncio diz que será de 10.886,12 euros anuais com progressão até 16.525,90 euros - a este valor acresce subsídio de alimentação diário e subsídio de domingos e feriados. Já em part-time, 15 horas semanais terão uma retribuição anual de 4.082,30 euros com progressão a 6.197,21 euros, e 20 horas semanais têm um salário anual de 5.443,06 euros com progressão a 8.262,95 euros - valores estes aos quais ainda somam o subsídio de alimentação e o subsídio de domingos e feriados. Nestes casos, o candidato terá de ter disponibilidade para trabalhar em horário semanal 20 horas (rotativo) ou 15 horas em horário de fim de semana (sexta, sábado e domingo)

A cadeia de supermercados Mercadona, fundada em 1977 pelo Grupo Cárnicas Roig, já conta com 28 lojas em Portugal, nos distritos do Porto, Braga, Aveiro e Viana do Castelo, e vai abrir, a 13 de dezembro, em Santa Maria da Feira a última loja prevista para 2021. No nosso país, o grupo espanhol emprega já 2300 trabalhadores entre supermercados, escritórios e bloco logístico. No ano passado, quando ainda só tinha 20 sueprermercados abertos - dez deles nesse ano -, a Mercadona alcançou um volume de vendas de 186 milhões de euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de