Emprego

Mercadona já está a recrutar para a região de Lisboa

(DR)
(DR)

Primeira loja Mercadona abre a 2 de julho no Canidelo, em Vila Nova de Gaia. Este ano abrem 10 lojas na região Norte

A entrada Mercadona na Grande Lisboa ainda não é conhecida, mas a cadeia espanhola de supermercados já está a recrutar para a região.

Em Portugal, primeiro mercado de internacionalização da companhia, a Mercadona quer ter entre 150 a 200 lojas, anunciou esta terça-feira Juan Roig, presidente da companhia, na apresentação de contas anuais, com as 10 primeiras a abrir já no segundo semestre deste ano. Das 150 a 200, cerca de 70 ficarão concentradas na região Norte, mas o responsável máximo da companhia não esconde que pretende que a Mercadona expanda a Sul.

Nesta fase, a companhia tem 300 colaboradores em Portugal, estando previsto que feche o ano com mil trabalhadores, uma subida para o qual contribuiu o facto da cadeia no país ir abrir ao domingo, o segundo melhor dia de vendas no mercado nacional.

Além, das 10 lojas já conhecidas, a Mercadona tem 10 novas localizações já fechadas, todas a Norte, mas há planos para chegar à Grande Lisboa, estando neste momento a cadeia já a realizar recrutamento para a expansão de obra.

No site da empresa em Portugal, na zona de recrutamento, estão listadas ofertas na área da engenharia civil, mecânica, eletrotécnica, desenho de arquitetura e especialidade e gerente de expansão. Quadros que terão depois um ano de formação.

Veja as ofertas aqui

No site, além da descrição do perfil pretendido, é ainda possível aos interessados realizar a sua candidatura.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Lisboa, 16/07/2019 - Decorreu hoje parte de uma reportagem sobre, empregos criados pelas empresas de partilha de veículos em Portugal..
Acompanhamos a recolha, carregamento e reparação das trotinetes partilhadas da Circ.

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Partilha de veículos dá emprego a mais de 500 pessoas

Lisboa, 16/07/2019 - Decorreu hoje parte de uma reportagem sobre, empregos criados pelas empresas de partilha de veículos em Portugal..
Acompanhamos a recolha, carregamento e reparação das trotinetes partilhadas da Circ.

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Partilha de veículos dá emprego a mais de 500 pessoas

António Mexia, CEO da EDP. Fotografia: REUTERS/Pedro Nunes

Saída de clientes da EDP já supera as entradas

Outros conteúdos GMG
Mercadona já está a recrutar para a região de Lisboa