Inovação

Mercedes contrata mais 47 programadores para o hub do Beato

Fotografia: REUTERS/Steve Marcus
Fotografia: REUTERS/Steve Marcus

Considerando Portugal um país especialmente atrativo para o investimento tecnológico, a Mercedes-Benz, marca do grupo Daimler, irá continuar a investir no hub tecnológico do Beato, adiantando que no final de 2019 a equipa de programadores a trabalhar no local será já composta por 140 pessoas.

A marca alemã tem dinamizado a sua presença em Portugal, com o hub de inovação da Mercedes-Benz.io no Beato a ser preparado como um dos grandes polos de desenvolvimento tecnológico de aplicações e tecnologia à volta do ecossistema digital dos automóveis e serviços da marca, com destaque para a conceção de toda uma plataforma de e-commerce que dará azo à comercialização de veículos online.

Nesse sentido, sem adiantar valores relativos a investimento financeiro (preferindo “falar em pessoas do que em números”), Alexandre Vaz, CEO da Mercedes Benz IO, afirmou ao Motor24, durante a conferência de imprensa de anúncio dos resultados da Daimler em 2018, que tendo atualmente 93 trabalhadores já contratados, a divisão tecnológica tem por objetivo atingir os 140 funcionários no final deste ano.

Assume que “o investimento é para continuar”, indicando também que outra prova dessa mesma intenção está na inauguração no ano passado de um novo hub tecnológico de camiões em Portugal.

Recorde-se que o espaço de inovação e desenvolvimento tecnológico que a Mercedes-Benz.io está a implantar em Portugal na Factory Lisbon, no Beato, representa um forte investimento por parte da marca do grupo Daimler, inserido no esforço de digitalização da companhia – com grande foco para as áreas do comércio online – e renovação dos espaços comerciais ao longo dos dois próximos anos.

Esse ecossistema digital prefigura novos serviços e funcionalidades que irão potenciar as oportunidades trazidas pelos novos veículos mais conectados em rede que irão começar a chegar ao mercado nos próximos anos e do qual o Mercedes.me é exemplo.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Utentes à saída de um cacilheiro da Transtejo/Soflusa proveniente de Lisboa, em Cacilhas, Almada. MÁRIO CRUZ/LUSA

Salário médio nas empresas em lay-off simplificado caiu 2%

Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. Fotografia: António Cotrim/Lusa

Empresas já podem candidatar-se ao novo lay-off

App TikTok

Microsoft estará interessada na compra da operação global do TikTok

Mercedes contrata mais 47 programadores para o hub do Beato