Automóvel

Mercedes vai chamar à revisão mais de 20 mil veículos na China

The Mercedes-Benz logo is seen before the company's annual news conference in Stuttgart, Germany

O motivo da revisão são os cintos de segurança defeituosos.

O construtor automóvel alemão Mercedes-Benz e a sua joint-venture chinesa Beijing Benz Automotive vão chamar à revisão 20.779 veículos na China, devido a cintos de segurança defeituosos, informaram hoje as autoridades encarregadas do controlo de qualidade.

A Beijing Benz Automotive vai fazer a revisão de um total de 18.893 automóveis Classe C e GLC, fabricados entre outubro de 2016 e fevereiro de 2017, detalhou a Administração-Geral de Supervisão da Qualidade, Inspeção e Quarentena do país, citada pela televisão estatal CCTV.

A Mercedes-Benz China fará a revisão de 1.886 automóveis desportivos importados Classe S, Classe C e GLC, fabricados entre julho e dezembro de 2016.

As autoridades chinesas referiram que os cintos de segurança podiam não funcionar em caso de acidente, o que supõe um risco para a segurança do condutor.

As revisões, realizadas gratuitamente, vão começar a 9 de março.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O ministro das Finanças, Mário Centeno MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Orçamento pode trazer novo alívio de 200 milhões de euros no IRS

Ponte 25 de Abril

Atrasos no concurso não comprometem arranque das obras na Ponte 25 de Abril

LEONARDO NEGRAO /Global Imagens

Grupo português investe 80 milhões na compra da Toys “R” Us Iberia

Outros conteúdos GMG
Mercedes vai chamar à revisão mais de 20 mil veículos na China