Imobiliário

Merlin prepara entrada na bolsa portuguesa

A Merlin é proprietária do centro comercial Almada Forum. Fotografia: D.R.
A Merlin é proprietária do centro comercial Almada Forum. Fotografia: D.R.

A Merlin deverá estar cotada no início de 2020. Em Portugal, detém dois shoppings, oito ativos de escritórios e a Plataforma Logística Lisboa Norte

A Merlin Properties está a preparar a sua entrada na bolsa portuguesa. A empresa já encetou diligências junto da Comissão dos Mercados e Valores Mobiliários e da Interbolsa, admitindo que possa estar cotada até ao fim do primeiro semestre de 2020.

“A nossa intenção seria este ano”, disse Fernando Ramirez, diretor da Merlin Properties ao Jornal de Negócios, mas como o processo está dependente da CMVM e da Interbolsa “provavelmente resvalará para o primeiro semestre do próximo ano”.

A Merlin, que está cotada na Bolsas Y Mercados Españoles (BME) desde 30 de junho de 2014, quer entrar no mercado de capitais português com os mesmos ativos que tem cotados em Madrid. Segundo Fernando Ramirez, “é um processo de dual listing”, isto é, “a mesma empresa cotada em dois mercados diferentes”.

Em Espanha, a Merlin adotou o regime SOCIMI, semelhante ao que está a ser criado em Portugal sob o nome de SIGI – Sociedades de Investimento e Gestão Imobiliária.

A Merlin tem uma capitalização bolsista de 5.829 milhões de euros.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ministro de Estado, da Economia e Transição Digital, Pedro Siza Vieira. TIAGO PETINGA/LUSA

Moratórias bancárias estendidas até final de setembro de 2021

covid-19 portugal corona virus

Emprego público sobe 0,9% com contratações da saúde e oficinas da CP

A ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Mariana Vieira da Silva TIAGO PETINGA/POOL/LUSA

Prorrogada situação de contingência em Portugal continental até 14 de outubro

Merlin prepara entrada na bolsa portuguesa