Metro de Lisboa

Metro. Afinal a estação de Arroios vai fechar porquê?

Fotografia: Globalimagens
Fotografia: Globalimagens

Metro de Lisboa deixará de parar na estação de Arroios durante ano e meio. Em causa estão obras de requalificação, saiba quais

As obras já estavam prometidas e agora avançam realmente. A partir desta quarta-feira, a estação de Arroios ficará encerrada. A reabertura só está prevista para 2019, altura em que aquela paragem da linha verde do Metro de Lisboa aparecerá com cara nova.

Neste momento, o tamanho reduzido do cais da estação de Arroios impede que circulem na linha Verde as seis carruagens habituais nas linhas azul, vermelha e amarela – de certo já reparou que até aqui têm circulado apenas três. Em ocasiões pontuais, de maior pico – como aconteceu na Web Summit – a estação encerra para que mais carruagens possam ajudar a escoar o maior número de passageiros.

Tem sido uma solução de recurso, que este encerramento promete solucionar. A estação encerra para obras e, quando reabrir, passará a poder acomodar as seis carruagens que desde esta quarta-feira já passam a circular na linha Verde.

O alargamento do comboio deverá permitir um aumento de 37% dos lugares disponíveis por hora, 128% no corpo do dia e 49% na hora de ponta à tarde.

Mas na prática…

…o que vai ser feito? Em primeiro lugar haverá uma ampliação do cais de embarque para 105 metros de comprimento de forma a que possam ali circular as 6 composições; também haverá intervenção na acessibilidade da estação com melhoria das ligações do cais à rua; os equipamentos, sistemas e instalações também será intervencionados com um foco especial na melhoria da mobilidade e, ao mesmo tempo, a estação será embelezada.

…quando reabre a estação? Não se sabe ao certo em que altura do ano a estação voltará a abrir portas, mas o objetivo é que tudo esteja pronto em meados de 2019.

…quais são as alternativas de transporte? A estação da Alameda é apresentada como alternativa para os passageiros que habitualmente utilizam a estação de Arroios.

metro

Além disso, a Carris vai fazer um reforço de serviço naquela área com as seguintes carreiras:

carris

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Angel Gurría, secretário-geral da OCDE. Fotografia: Steven Governo/Lusa

OCDE. Défice português “desaparece” em 2020, mas é preciso mais

Fotografia: D.R.

Fisco vendeu uma média de 134 imóveis penhorados por mês

ANDRÉ AREIAS/LUSA

Operestiva diz que só pode contratar 30 estivadores

Outros conteúdos GMG
Metro. Afinal a estação de Arroios vai fechar porquê?