transportes públicos

Metro de Lisboa investe 1,5 milhões em novos acessos na Baixa-Chiado

(Diana Quintela/ Global Imagens)
(Diana Quintela/ Global Imagens)

O Metropolitano de Lisboa vai substituir as escadas rolantes da estação da Baixa-Chiado. A primeira fase estará concluída no final do ano.

O Metropolitano de Lisboa vai substituir as escadas rolantes da estação da Baixa-Chiado a partir de segunda-feira, anunciou esta sexta-feira a empresa.

De acordo com o Metro, as escadas mecânicas da estação Baixa-Chiado serão substituídas “por equipamento novo e mais resistente face ao elevado fluxo de passageiros que se verifica nessa estação”.

A obra será feita em duas fases e será iniciada com a substituição integral de dois lances de escadas mecânicas e infraestruturas no acesso poente da estação, no acesso ao Largo Luís de Camões.

No entanto, ficará sempre garantido o funcionamento de uma escada rolante no sentido ascendente (subida), sendo que o fluxo de passageiros no sentido descendente (descida) deverá efetuar-se através das escadas pedonais, acrescentou o Metropolitano.

A obra envolve um investimento total de 1,5 milhões de euros.

A primeira fase tem data prevista de conclusão para o final deste ano e a segunda fase para o final do segundo semestre de 2019.

Esta intervenção está inserida no plano “Acessibilidade e Segurança para Passageiros Idosos, Pessoas com Deficiência e Mobilidade Reduzida”, que prevê a intervenção, até 2023, em mais 14 estações.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Mário Centeno ladeado pelos representantes dos dois maiores credores de Portugal: Pierre Moscovici (Comissão) e Klaus Regling (ESM). Fotografia: EPA/JULIEN WARNAND

Centeno usa verbas da almofada de segurança para pagar aos credores europeus

João Cadete de Matos, presidente da Anacom

Fotografia: Vítor Gordo/D.R.

5G. Impugnação pela Altice não põe em causa migração da TDT

Comemoração do "Dia do Batalhão de Telegrafistas", no quartel da Graça.  Fotografia: Global Imagens

Grupo SANA ganha concurso para hotel no Quartel da Graça

Outros conteúdos GMG
Metro de Lisboa investe 1,5 milhões em novos acessos na Baixa-Chiado