Metro de Lisboa

Metro de Lisboa: Papel nos carris trava linha Azul durante meia-hora

(Orlando Almeida / Global Imagens)
(Orlando Almeida / Global Imagens)

"Pequeno foco de incêncio" entre as estações do Marques de Pombal e Parque levou à suspensão na circulação esta segunda-feira.

Um papel nos carris levou à suspensão da circulação na linha Azul do Metro de Lisboa durante meia-hora. O incidente deu-se esta segunda-feira perto das 10h da manhã, quando se registou um “pequeno foco de incêndio” na composição que circulava entre as estações do Marquês de Pombal e Parque.

“Registou-se um pequeno foco de incêndio numa composição que circulava na galeria entre as estações Marquês de Pombal e Parque. Por causa de um papel, houve uma fricção nos carris”, referiu fonte oficial do Metro de Lisboa contactada pelo Dinheiro Vivo. A mesma fonte explicou que este papel terá entrado nos carris desta galeria “devido à deslocação do ar”.

A circulação já foi retomada nesta linha mas com algumas perturbações, o que poderá implicar que os passageiros esperem mais tempo do que é habitual para começar a viagem.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (MANUEL DE ALMEIDA/LUSA)

Marcelo. “É preciso em abril ganhar maio”. Escolas devem continuar fechadas

Henrique Burnay, sócio-gerente da Eupportunity
(Paulo Spranger/Global Imagens)

“O problema desta crise são os Estados-membros, não é Bruxelas”

pandemia de covid-19 (coronavírus) portugal corona virus concelho

345 mortos e 12442 casos confirmados de covid-19 em Portugal

Metro de Lisboa: Papel nos carris trava linha Azul durante meia-hora