Milionário francês compra posição de 1,7 mil milhões na Telecom Itália

Xavier Niel e Vicent Bolloré, da Vivendi, passam a deter 30% da Telecom Itália, empresa que controla a TIM Brasil, empresa com que a Oi quer fundir-se

O milionário francês Xavier Niel comprou uma posição de 1,7 mil milhões de euros na Telecom Italia, passando com 11% a ser o segundo maior investidor na companhia italiana depois de Vicent Bolloré, dono da Vivendi, noticiou a Bloomberg.

Em conjunto os dois franceses passam a deter 30% da Telecom Italia, numa altura em que a companhia, que até recentemente tinha a Telefónica com principal acionista, procura vender ativos para reduzir a dívida de cerca de 27 mil milhões de euros. A companhia italiana controlada ainda a TIM Brasil, operadora com quem a Oi, onde a portuguesa Pharol tem 27,18%, pretende avançar com uma fusão.

Em Itália o regulador está a analisar se Niel e a Vivendi estão a agir em conjunto para a tomada de controlo da Telecom Itália, adianta ainda a Bloomberg.

Com uma fortuna pessoal avaliada em 7,5 mil milhões de dólares, segundo o Bloomberg Billionaires Index, Niel fundou em França a Iliad e tem investido a título pessoal numa série de start-ups incluindo na Square e na Deezer. O ano passado comprou, por 2,9 mil milhões de dólares, a Orange na Suíça.

Esta recomposição acionista na Telecom Itália, que controla a TIM Brasil, surge num momento em que do outro lado do Atlântico surgem sinais de que o há muito esperado movimento de consolidação no sector das telecomunicações poderá avançar. No início da semana, o fundo russo Letter One apresentou uma proposta à brasileira Oi, mostrando-se disposto a investir até 4 mil milhões de dólares na companhia, onde a Pharol detém 27,18%, dependente de uma consolidação com a TIM Brasil. O tema está a ser analisado pelo conselho de administração da Oi, esperando-se que ainda esta semana haja uma decisão sobre o tema.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de