Telecomunicações

Milionário oferece net 4G a um bilião de pessoas

Foto: REUTERS/Eduardo Munoz
Foto: REUTERS/Eduardo Munoz

Até ao final do ano, à rede 4G será grátis. A partir daí, 149 rupias por mês. Em euros? 1,99€ por mês. "A vida está a tornar-se digital", diz Ambani

Internet ultra-rápida sem ter de pagar nada por ela? O que é que é preciso fazer? Para começar tem de estar na Índia onde o homem mais rico do país está a criar uma rede que dará acesso à internet a quase um bilião de pessoas. Sem custos. Até ao fim do ano.

Mukesh Ambani é casado, tem três filhos e uma fortuna avaliada em 22,8 mil milhões de dólares, o que lhe garante um lugar entre os 40 mais ricos do mundo, segundo a Forbes. Agora, o CEO da Reliance Industries, vai desembolsar 20 mil milhões de dólares para criar a rede Jio – apresentada oficialmente a semana passada, durante a reunião anual de acionistas da empresa – para conseguir levar internet ultra rápida a quase todos os cantos da Índia, país com uma população de 1,3 biliões de pessoas.

Para os consumidores, as boas notícias chegam aos pares. Para além de poderem aceder à internet – acesso complicado no país asiático – ainda vão ter preços que nenhum outro país do mundo pratica. Até ao final do ano, à rede 4G será grátis. A partir daí, 149 rupias por mês. Em euros? 1,99€ por mês.

A vida é digital

“Tudo e mais alguma coisa que possa tornar-se digital vai tornar-se digital – e a uma taxa exponencial”, disse Ambani aos investidores, durante a apresentação do Jio. “A vida está a tornar-se digital.”

Se a rede Jio vier a ser um sucesso, Ambani poderá revolucionar um mercado onde os gigantes de tecnologia andam de olhos postos. Os mais recentes dados, dizem que apenas um quinto dos adultos na Índia tem acesso à internet mas com a Jio a chegar a 80% do país, essa realidade rapidamente será invertida. A previsão é que o acesso seja feito maioritariamente via smartphone.

Apesar de haver alguns spots de wi-fi gratuito – a Google instalou vários em estações de comboios por todo o país – nas zonas urbanas mais pobres não existem as infraestruturas necessárias para aceder às conexões de banda larga. Nas zonas rurais indianas ainda é pior.

Não admira que os consumidores estejam em pulgas pela chegada do Jio.

Mukesh Ambani (R), chairman of Reliance Industries Ltd, poses with his son Akash before addressing the company's annual general meeting in Mumbai, India September 1, 2016. REUTERS/Shailesh Andrade

Foto: REUTERS/Shailesh Andrade

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O ensino profissional é uma das áreas em que Portugal se posiciona pior na tabela do IMD World Talent Ranking 2019. Fotografia: Miguel Pereira/Global Imagens

Portugal é 23º no ranking mundial de talento. Caiu seis posições

O ensino profissional é uma das áreas em que Portugal se posiciona pior na tabela do IMD World Talent Ranking 2019. Fotografia: Miguel Pereira/Global Imagens

Portugal é 23º no ranking mundial de talento. Caiu seis posições

Caixa CGD Depósitos

CGD: Procura na emissão de dívida foi 7 vezes superior à oferta

Outros conteúdos GMG
Milionário oferece net 4G a um bilião de pessoas