Investimento

MindProber conta com um investimento de 450 mil euros

Pedro Almeida da MindProber. Fotografia: 
 Adelino Meireles / Global Imagens
Pedro Almeida da MindProber. Fotografia: Adelino Meireles / Global Imagens

A startup portuguesa MindProber fechou recentemente a sua ronda de financiamento seed, com um investimento de 450 mil euros.

A MindProber, uma startup portuguesa, fechou recentemente a sua ronda de financiamento seed, com um investimento de 450 mil euros. O investimento foi liderado pela Wisenext, Smart Capital SA, e contou ainda com a participação da Ideias Glaciares Lda e da Ganexa Seed Capital SGPS Lda.

O investimento garantiu a contratação de uma equipa multidisciplinar que, de acordo com o CEO da MindProber, Pedro Almeida, “está concentrada na otimização do produto, desde os sensores psicofisiológicos, até às componentes de software, bem como na rápida implementação nacional, com vista a chegar, já no próximo ano, a mercados internacionais”.

E, acrescenta, que chegar aqui é “resultado de um trabalho intenso após o financiamento pre-seed, demonstrando capacidade técnica e científica e alinhando clientes-piloto e parceiros, entre os quais se contam grandes marcas de consumo e broadcasters”.

Para o presidente da Wisenext, João Paixão, esta startup destaca-se pelo o caráter inovador da solução, que aborda um mercado com elevado potencial de crescimento: “A solução tecnológica desenvolvida pela MindProber representa uma disrupção nos serviços de media testing, pela forma como integra sistemas complexos de análise fisiológica e comportamental e como permite automatizar e escalar o que até aqui tem sido um serviço tradicional, pesado e caro”.

O fecho desta ronda de investimento acontece depois, da startup ter vencido a competição de inovação em estudos de mercado mais relevante a nível internacional – a Insigth Innovation Competition – que decorreu em Atlanta, nos EUA, e garantiu à MindProber um prémio de 20 mil dólares, para além de reforçar o seu caráter único e disruptivo na área de media testing.

Um prémio que, “vem atestar a capacidade científica e técnica da MindProber como fator relevante para o sucesso. Veio validar os nossos conceitos e a nossa capacidade técnica para os colocar em prática, demonstrando que o mercado está aberto a uma solução inovadora como a que propomos”, refere Pedro Almeida.

A MindProber é uma empresa dedicada à automação de media testing utilizando medidas fisiológicas. Produto de vários anos de investigação académica e um ano de aceleração enquanto startup, a plataforma da MindProber permite recolher e analisar, em tempo real, as reações fisiológicas e comportamentais de centenas de espectadores a conteúdos media como anúncios ou programas de entretenimento, estudando o seu impacto global e segundo-a-segundo.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Futebol

O 11 mais valioso da liga não chegava para pagar as obrigações das SAD

Entrevista TSF / Dinheiro Vivo a Henrique Santos.
(Adelino Meireles/ Global Imagens)

Henrique Santos: “Empresas que violam dados não deviam ter aberto portas”

Fonte: Comissão Europeia

“É difícil prever quanto dinheiro irá para os hospitais”

Outros conteúdos GMG
MindProber conta com um investimento de 450 mil euros