negócios

Minhofumeiro muda imagem e chega aos vegetarianos

Minho Fumeiro

A Minhofumeiro, especializada em produtos alimentares fumados e enchidos de carne, está a apresentar uma série de novas ofertas.

A empresa de Ponte de Lima está a lançar novos produtos que vão desde uma chouriça sem fumo até produtos vegetarianos, acompanhando tudo de uma nova imagem.

A empresa da aldeia da Correlhã, uma aldeia de Ponte de Lima, reivindica as suas raízes em 1913, na Casa Borges, uma mercearia e casa de fumeiro fundada por João Borges. Nos anos 90 surgiu a primeira fábrica e em 2017 a empresa faturou cerca de dois milhões de euros, em parte para exportação, incluindo Brasil e Estados Unidos. Desde 2015 que a Walmart, uma das maiores cadeias de distribuição do mundo, qualificou a empresa minhota como uma das suas fornecedoras mas o elevado volume que era necessário para satisfazer esse cliente era um mês de produção. Por isso a empresa negociou que fornece dentro das possibilidades, para não baixar a qualidade.

Na quarta-feira, dia 11, no Porto, a Minhofumeiro deu início a uma apresentação de novos produtos. “Vamos fazer uma série de eventos por todo o país”, diz António Paulino, diretor-geral da empresa, “porque queremos associar a nova imagem também a novos produtos”.

António Paulino lidera uma equipa de 35 pessoas que tem uma grande preocupação com a necessidade de estar a par do tempo. “Gastamos muito dinheiro à procura de novos produtos, em parcerias com outras empresas, por exemplo, e os nossos produtos são feitos com sal de qualidade ímpar, que vem de Tavira, o fumeiro é feito com azinho”, sublinha António Paulino.

Entre os novos produtos que estão a chegar ao mercado aparece um presunto de borrego apresentado como uma novidade completa e que já tem bons contactos para exportar para o Dubai, uma chouriça que é curada em frio e com pepitas de pimenta que lhe dão o sabor e por isso tem zero fumo, ou mesmo o piscar de olho à comida vegetariana, com a alheira de cogumelos com tripa vegetal e mesmo produtos vegan. Mas há também um presunto da pá com um baixíssimo teor de sal, chouriço de cebola que é completamente natural, para além dos produtos normais numa empresa de enchidos. “Temos sempre um respeito enorme pela tradição mas queremos ter respostas novas e para o mercado atual e futuro. O nosso fumeiro tem níveis de fumo muito abaixo do que permite a lei, com essa preocupação da saúde. E a comida vegetariana é uma nova linha porque sabemos que há novas tendências a aparecerem e temos que lhes dar resposta”, diz o diretor-geral da Minhofumeiro.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O ministro das Finanças e presidente do Eurogrupo, Mário Centeno. 
(ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA)

Défice encolhe para os 576 milhões de euros até agosto

Pedro Marques, ministro do Planeamento e das Infraestruturas. Fotografia: Sara Matos / Global Imagens

“Não há ninguém condenado” no caso da compra da VEM

TDT

Anacom quer ver resolvidos problemas da TDT antes da migração para 5G

Outros conteúdos GMG
Minhofumeiro muda imagem e chega aos vegetarianos