Montagem de parque eólico participado pela EDP Renováveis na Escócia começa

O parque terá 100 turbinas eólicas com uma capacidade instalada de 950 mil quilowatts, e uma utilização anual média estimada em mais de quatro mil horas.

A China Three Gorges Corp (CTG) anunciou a instalação com sucesso da primeira turbina de um parque eólico flutuante ao largo da Escócia, um projeto conjunto com a EDP Renováveis S.A.

Num comunicado, o grupo estatal chinês sublinha que a turbina foi instalada no estuário de Moray, no Mar do Norte, na semana passada, tal como previsto, apesar do impacto negativo da pandemia de covid-19, sobretudo no início de 2020.

"Com o apoio e cooperação de todas as partes", refere a CTG, foi possível retomar os trabalhos e o projeto está a cumprir o calendário estabelecido.

O parque terá 100 turbinas eólicas com uma capacidade instalada de 950 mil quilowatts, e uma utilização anual média estimada em mais de quatro mil horas.

O parque deverá entrar em operação em abril de 2022 e produzir eletricidade para responder às necessidades energéticas de mais de 100 mil famílias.

A EDP Renováveis detém uma participação de 33,3% no projeto Moray Offshore Windfarm (East) Ltd, juntamente com uma subsidiária da japonesa Mitsubishi Corp (33,4%) e o grupo energético francês Engie (23,3%).

A CTG detém os restantes 10%, participação que adquiriu à EDP Renováveis em janeiro de 2019 por 35 milhões de libras (39,6 milhões de euros).

A EDP Renováveis fechou em 2017 um contrato de fornecimento de energia eólica durante 15 anos na Escócia e que pressupõe uma tarifa de 57,5 libras (quase 65 euros) por megawatt/hora.

A CTG e a EDP Renováveis assinaram em outubro de 2015 uma parceria estratégica para o desenvolvimento do projeto eólico em Moray.

Segundo a CTG, este é o primeiro projeto eólico flutuante de grandes dimensões desenvolvido por uma empresa chinesa na Europa.

A EDP Renováveis é uma subsidiária da elétrica portuguesa EDP - Energias de Portugal, da qual a CTG é a maior acionista, com uma participação de 19,03%.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de