Moody's: Facebook e Google vão 'roubar' negócio aos bancos e seguradoras

Num cenário central, as entidades financeiras incumbentes vão ceder uma parte do seu controlo sobre a distribuição de serviços financeiros no retalho.

Os gigantes tecnológicos, ou big tech, como Facebook e Google, são uma ameaça real no que toca à venda de serviços financeiros no retalho e vão roubar uma fatia do negócio aos bancos e outras entidades financeiras já instaladas, refere uma análise da Moody's.

O relatório da agência de notação financeira examina como o crescimento dos negócios tecnológicos globais vão afetar as entidades financeiras incluindo bancos, seguradoras, corretoras e gestoras de ativos.

"As grandes empresas de tecnologia têm uma vantagem sobres as empresas financeiras já que têm experiência significativa na otimização da experiência do cliente e têm conseguido crescer em quota de mercado em parte porque os consumidores consideram que os seus produtos adicionam valor, são fáceis e convenientes de usar e têm ecossistemas digitais cada vez mais atrativos", afirma Stephen Tu, vice-presidente da Moody's e um dos autores do relatório, citado num comunicado da agência divulgado esta quarta-feira.

Segundo a análise, num cenário central, as entidades financeiras incumbentes vão ceder uma parte do seu controlo sobre a distribuição de serviços financeiros no retalho apesar dos seus esforços em aumentar a sua presença em plataformas digitais.

"Num outro cenário, as grandes empresas de tecnologia ganhariam uma maior fatia de controlo sobre a distribuição e produção, eventualmente levando ao deslocamento de um número de incumbentes financeiros, em particular aqueles que não conseguirem executar e concluir estratégias digitais", adianta o comunicado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de