Energia

Mota-Engil ilumina Cidade do México e ganha 31 milhões

A Cidade do México é uma aposta do grupo português. Fotografia: D.R.
A Cidade do México é uma aposta do grupo português. Fotografia: D.R.

A Mota-Engil, através da subsidiária, Generadora Fénix, vai fornecer eletricidade durante um período de 12 horas

A Mota-Engil iniciou a 1 de novembro o fornecimento de eletricidade para a iluminação pública de toda a Cidade do México, que originará uma faturação de cerca de 31 milhões de euros em 2019.

O fornecimento de eletricidade far-se-á durante um período de 12 horas, através da sua subsidiária na área de energia no México, a Generadora Fénix, refere a Mota-Engil em comunicado, lembrando que vai abranger cerca de 18 milhões de habitantes por um período de 20 anos.

Estima-se que as 12 horas de fornecimento de eletricidade correspondam a um consumo anual de 550 gigawatts (GWh), o que originará uma faturação de aproximadamente 31 milhões de euros no próximo ano, acrescenta a informação.

A atividade de geração e venda de eletricidade assume assim “uma relevância acrescida” no volume de negócios do grupo empresarial português presente em outras áreas, desde a Engenharia e Construção, Ambiente e Serviços, Concessões de Transportes, Mineração, ao Turismo.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Regresso ao trabalho - ilustração

O mundo do trabalho mudou. A saúde é agora lei

José Theotónio, CEO do Grupo Pestana.
(Diana Quintela / Global Imagens)

José Theotónio: “Haverá voos mas não virão logo com turistas para o Algarve”

Fotografia: D.R.

Teletrabalho continua obrigatório para grupos de risco e pais sem escola

Mota-Engil ilumina Cidade do México e ganha 31 milhões