Mota-Engil vende cerca de 30% do capital a novo parceiro

O grupo não identifica o novo acionista mas a China Communications Construction Co estava a ponderar a compra de uma fatia no capital da construtora.

A Mota-Engil anunciou esta quinta-feira que "se encontra na fase final das negociações de um acordo de parceria estratégica e investimento" que inclui a venda de cerca de 30% do capital social da empresa a um novo acionista.

O grupo não identifica o novo parceiro mas a China Communications Construction Co estava a ponderar a compra de uma fatia no capital da construtora.

A entrada do novo acionista na Mota-Engil será concretizada através da subscrição de "uma participação relevante num aumento de capital social de até 100 milhões de novas ações que será submetido brevemente a deliberação em Assembleia Geral".

Segundo a Mota-Engil, o novo parceiro é "um dos maiores grupos de infraestruturas do mundo , com uma atividade significativa a nível mundial" e o acordo visa "que este grupo se torne um acionista relevante e um parceiro de longo prazo do grupo", diz ainda a construtora num comunicado divulgado no site da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

Adianta que o negócio avalia o grupo em cerca de 750 milhões de euros.

"No âmbito do Acordo em perspetiva, a Mota Gestão e Participações SGPS SA (MGP), acionista dominante da Mota-Engil, aceitou vender uma participação relevante no capital social da sociedade a um preço que reflete uma valorização que está muito acima do preço atual de mercado", refere.

Após o aumento de capital, "será imputável à MGP uma participação de cerca de 40% do capital social da Mota-Engil, sinal de total empenho e alinhamento com a sua posição histórica no Grupo" e "o novo acionista atingirá uma participação ligeiramente superior a 30%".

A Mota-Engil anunciou também hoje, num outro comunicado ao mercado, que passou de lucros a um prejuízo de 5 milhões de euros no primeiro semestre de 2020.

Atualizada às 08H50 com mais informação

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de