Turismo

MSC Cruzeiros. 2018 será ano histórico

Fotografia: D.R.
Fotografia: D.R.

O volume de passageiros aumentou mais de 20% face a 2017, ano em que a empresa transportou 22 mil portugueses

A MSC Cruzeiros “deverá alcançar em 2018 o maior crescimento” até hoje em Portugal, com “uma variação em volume de passageiros muito provavelmente acima dos 20% face a 2017”, revelou ao Dinheiro Vivo Eduardo Cabrita, diretor geral da companhia em Portugal.

A empresa de cruzeiros irá garantir assim a liderança de mercado. “À semelhança dos anos anteriores, o ano de 2018 está a correr muito bem”, reforçou Eduardo Cabrita.

Como avançou, “temos já um crescimento a dois dígitos no mercado português” o que, na sua opinião, “demonstra uma vez mais a adesão e a consciencialização dos portugueses pela opção cruzeiros e pela MSC Cruzeiros como forma de férias”.

O responsável não revelou dados previsionais de faturação pois, frisou, o exercício ainda não terminou e as vendas de inverno têm um peso importante na operação, devido ao reforço da aposta em destinos como as Caraíbas e os Emirados Árabes Unidos.

A “MSC Cruzeiros deverá alcançar em 2018 o maior crescimento que tivemos até hoje em Portugal, com exceção do primeiro ano que foi a passagem da companhia de um GSA [agente geral de vendas] para escritório próprio, com uma variação em volume de passageiros muito provavelmente acima de 20% face a 2017”, afirmou. No ano transato, a operação em Portugal contabilizou 22 mil passageiros.

Eduardo Cabrita recordou que em 2013 a MSC tornou-se líder em Portugal com cerca de 12.800 passageiros, num mercado com cerca de 35 mil cruzeiristas. E frisou: “hoje em dia, a MSC Cruzeiros é a companhia número um em Portugal pelo quinto ano consecutivo atingindo um total de 22.158 mil passageiros em 2017, num mercado onde apenas cerca de 55 mil portugueses realizam cruzeiros”.

Os turistas nacionais têm a Europa como destino de eleição no mercado dos cruzeiros, optando preferencialmente pelos itinerários do Mediterrâneo e norte da Europa. Destinos como Cuba, Caraíbas ou Dubai estão a ganhar cada vez mais adeptos.

No próximo ano, a companhia irá contar com mais dois navios – MSC Bellissima e MSC Grandiosa -, sendo que ambos farão a sua primeira escala da viagem inaugural em Lisboa. Nas temporadas inaugurais, estes dois novos navios irão navegar pelo Mediterrâneo Ocidental.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
EPA/MICHAEL REYNOLDS

Ação climática. Portugal vai ter de gastar mais de um bilião de euros

EPA/MICHAEL REYNOLDS

Ação climática. Portugal vai ter de gastar mais de um bilião de euros

2. Fazer pagamentos à frente do empregado

Consumo: seis em cada 10 portugueses paga as compras a prestações

Outros conteúdos GMG
MSC Cruzeiros. 2018 será ano histórico