correios

Mudanças na comissão executiva dos CTT

(Miguel Pereira/Global Imagens)
(Miguel Pereira/Global Imagens)

É a segunda mexida na administração do operador postal sob a liderança de João Bento.

A administração dos CTT sofre uma nova alteração com a renúncia de Francisco Simão do cargo de vogal e da comissão executiva da comissão executiva do operador postal liderado por João Bento. No cargo é substituído por João Gaspar da Silva, até aqui diretor de operações dos Correios.

O mandato de Francisco Simão termina no final do ano, mas os gestor, que tinha o pelouro de Inovação, optou pela renúncia ao cargo por ter assumido “compromissos pessoais e profissionais” e, por isso, considerado “ser do interesse da sociedade não se manter em funções até à data da realização da próxima assembleia geral eletiva a ocorrer em 2020”, informou ao mercado os CTT.

Para a sua substituição, o conselho de administração decidiu esta quarta-feira cooptar em sua substituição, até à realização da assembleia geral, João Miguel Gaspar da Silva. A cooptação produz efeitos a 6 de janeiro de 2020.

Esta é a segunda mexida na administração liderada por João Bento depois de, em setembro, Dionizia Ferreira apresentou renúncia, tendo sido cooptado em sua substituição João Ventura Sousa para completar o mandato em curso.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Gustavo Bom/Global Imagens

Não conseguiu validar as faturas para o IRS? Contribuintes têm mais um dia

O ministro das Finanças, Mário Centeno, na apresentação das obras de arte da coleção BPN, agora integradas na Coleção do Estado, no Forte de Sacavém. Fotografia: TIAGO PETINGA/LUSA

Fundo de Resolução já pagou em juros 530 milhões ao Estado e 90 milhões a bancos

(Filipe Amorim / Global Imagens)

Venda do Novo Banco é “um não-assunto” para o Fundo de Resolução

Mudanças na comissão executiva dos CTT