media

Mudanças na liderança do grupo dono da TVI. Luís Cabral sai de CEO

Luís Cabral
Luís Cabral

Manuel Fernando de Macedo Alves Monteiro, até aqui administrador não executivo, é o novo CEO.

Luís Cabral renunciou ao cargo de CEO da Media Capital, tendo o cargo passado a ser assumido por Manuel Alves Monteiro, até aqui administrador não executivo do grupo dono da TVI. O novo CEO foi vogal da Mystic Invest, empresa controlada por Mário Ferreira, acionista que detém cerca de 30% da Media Capital. Decisão surge uma semana depois da saída de Sérgio Figueiredo da Direção de Informação da TVI.

“O Grupo Média Capital, SGPS, S.A. (“Sociedade”) informa que, nesta data, o Senhor Administrador Luís Filipe Cabral de Mascarenhas e Meneses Garcia, apresentou renúncia ao seu cargo nos órgãos sociais da Sociedade. Mais deliberou o Conselho de Administração, na sequência da renúncia realizada, a designação do Administrador Delegado da Sociedade, com delegação de poderes no Senhor Administrador Manuel Fernando de Macedo Alves Monteiro, que vem desempenhando funções de administrador não executivo deste Conselho”, informou a Media Capital em comunicado.

“O Grupo Media Capital regista com profundo reconhecimento o contributo e reconhecida competência com que Luís Cabral serviu a Sociedade, em diferentes áreas de negócio e em diferentes funções, sempre pautando a sua atuação por elevados níveis de rigor e profissionalismo e aproveita a oportunidade para expressar os votos de sucessos futuros.”

Manuel Fernando de Macedo Alves Monteiro passou a integrar o conselho de administração como administrador não executivo em abril deste ano. Antigo presidente da Bolsa de Lisboa, gestor está ligado à Mystic Invest, empresa controlada por Mário Ferreira, depois da Prisa o segundo maior acionista do grupo Media Capital.

O gestor assume em substituição de Luís Cabral, que desde julho do ano passado tinha assumido a liderança executiva do grupo dono da TVI, vindo da MCR, o braço radiofónico do grupo dono da Comercial e da M80, substituindo Rosa Cullell que ocupava o cargo desde 2011.

Cabral assumiu funções pouco antes de ser conhecido o interesse da Cofina no grupo Media Capital. O grupo de Paulo Fernandes deixou cair a oferta pela TVI, tendo o processo de venda sido retomado com Mário Ferreira, o segundo maior acionista da Media Capital.

A mudança na liderança executiva do grupo surge depois de mudanças na direção de informação da TVI, com a saída de Sérgio Figueiredo. Não foram adiantadas razões para a saída do profissional da liderança da informação do canal.

A saída ocorreu depois da polémica envolvendo a antiga jornalista da estação Ana Leal, que saiu em conflito com o diretor de informação. Em março foi ainda conhecido que a TVI e o diretor de informação, Sérgio Figueiredo, iriam ser julgados pelo crime de ofensa à reputação económica, segundo a decisão do Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa, por causa do caso Banif.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa, intervém durante a cerimónia de assinatura de declaração de compromisso de parceria para Reforço Excecional dos Serviços Sociais e de Saúde e lançamento do programa PARES 3.0, no Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, em Lisboa, 19 de agosto de 2020. ANDRÉ KOSTERS/LUSA

“Na próxima semana podemos chegar aos 1000 casos por dia”, avisa Costa

Fachada da Caixa Geral de Depósitos. 
(Sarah Costa / Global Imagens)

Clientes da CGD sem acesso ao serviço Caixadirecta

App Stayaway covid

App Stayaway Covid perto do milhão de downloads. 46 infetados enviaram alertas

Mudanças na liderança do grupo dono da TVI. Luís Cabral sai de CEO