expansão

Multinacional espanhola investe 2,75 ME para criar unidade em Santo Tirso

Empresa de produtos químicos transfere-se da Maia para Santo Tirso

Uma multinacional espanhola de produtos químicos para o mercado têxtil, tintas e construção, galvanoplastia, limpeza e manutenção industrial investiu 2,75 milhões de euros numa nova unidade logística em Santo Tirso, estando a sua conclusão prevista para fevereiro.

Em declarações à agência Lusa, a diretora administrativa e financeira da ADI Center Portugal, Arminda Igreja, disse que a nova infraestrutura ficará situada no Parque Empresarial da Ermida e permitirá ao grupo espanhol “aumentar a sua capacidade de armazenamento e distribuição” em Portugal.

Com a atividade a “crescer progressivamente desde 2006”, ano em que se instalou na Zona Industrial da Maia com um centro logístico que, entretanto, “deixou de ter capacidade para as necessidades”, a mudança para Santo Tirso “representa um investimento de 2,75 ME”, acrescentou a responsável.

O novo espaço será constituído por “duas áreas funcionais distintas, uma de armazém e outra administrativa e social, ficando as duas instaladas em dois volumes fisicamente separados”, sendo a partir de março o local de trabalho dos 23 funcionários atualmente nas instalações na Maia.

A área de armazém terá “quatro cais de carga e um laboratório equipado com toda a tecnologia necessária para apoiar a atividade e os clientes”, detalha a empresa, num comunicado enviado à Lusa.

Consumada a transferência, as instalações da Maia “que serão abandonadas” por se situarem num “terreno que não é do Grupo ADI”.

A empresa espanhola espera faturar em 2018 “mais de 10 milhões de euros”, disse Arminda Igreja.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O ministro de Estado e das Finanças, João Leão, acompanhado pela ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, momentos antes de falar aos jornalistas no final da reunião do Conselho de Ministros, no Palácio Nacional da Ajuda, em Lisboa, 3 de setembro de 2020. MÁRIO CRUZ/POOL/LUSA

Défice público chega a 6,1 mil milhões em agosto, mas suaviza face a julho

Fotografia: Paulo Jorge Magalhães/Global Imagens

Sinistros automóveis sem seguro custaram 4,7 milhões

Bosch testes rápidos

DGS aprova testes rápidos à covid da Bosch. Primeiro evento é a Volta a Portugal

Multinacional espanhola investe 2,75 ME para criar unidade em Santo Tirso