Empresas

Netflix reforça aposta na produção de conteúdos na Europa em 2019

REUTERS/Lucy Nicholson
REUTERS/Lucy Nicholson

A Netflix está decidida a apostar na Europa. Na calha tem mais de uma centena de projetos que devem ser rodados no continente em 2019.

A aposta é forte. A Netflix estará a preparar-se para elevar a fasquia e produzir quase mais uma centena de projetos na Europa em 2019. A poucas semanas do final de 2018, o saldo de produções da plataforma de streaming de vídeo no Velho Continente deverá cifrar-se em 141 projetos, dos quais 81 são produções originais e 60 são co-produções ou programas licenciados por outros produtores, escreve o jornal britânico Financial Times (FT). No próximo ano, o número de projetos previstos para a Europa ascende a 221, dos quais 153 são originais.

O investimento em conteúdos na Europa da Netflix também aumentou, estimando a empresa fechar este ano com uma fatura de cerca de mil milhões de dólares (mais de 884 milhões de euros no câmbio atual), utilizada nas produções originais que teve ou tem em curso no continente.

Esta aposta da Netflix fez soar os alarmes nos produtores de conteúdos europeus, que têm enfrentado algumas dificuldades com a mudança nos hábitos dos consumidores, que estão agora a transitar para serviços “on-demand”.

“Há um ano, tínhamos um ou dois programas em Espanha; no próximo ano vamos ter seis ou sete”, disse Erik Barmack, vice-presidente da Netflix para a área de conteúdos originais internacionais, citado pelo jornal. “Estamos a assistir a uma necessidade nos nossos maiores mercados europeus que é terem mais séries locais e programas regionais”.

A Netflix tem cerca de 130 milhões de subscritores por todo o mundo.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O ministro das Finanças, Mário Centeno, intervém durante a  conferência "Para onde vai a Europa?", na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, 22 de março de 2019. MÁRIO CRUZ/LUSA

Próximo governo vai carregar mais 8 mil milhões em dívida face ao previsto

O ministro das Finanças, Mário Centeno, intervém durante a  conferência "Para onde vai a Europa?", na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, 22 de março de 2019. MÁRIO CRUZ/LUSA

Próximo governo vai carregar mais 8 mil milhões em dívida face ao previsto

Os postos de combustíveis no país estão a ser abastecidos com a máxima urgência. Fotografia: JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Motoristas asseguram combustível na Páscoa

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Netflix reforça aposta na produção de conteúdos na Europa em 2019