Netflix

Netflix. Resultados do segundo trimestre desanimam investidores

FILE PHOTO: The Netflix logo is pictured on a television in this illustration photograph taken in Encinitas California

Os resultados aquém do esperado fizeram com que a Netflix tombasse como nunca em dois anos, em Wall Street.

A plataforma de streaming contou com 5,2 milhões de novos membros no segundo trimestre do ano, um milhão abaixo das suas previsões. O valor ficou aquém do registado no primeiro trimestre, 7,41 milhões. A desaceleração do crescimento de novos membros abalou as ações da Netflix, que, na terça-feira, chegaram a cair 14%, traduzindo-se no seu “pior dia em dois anos”, de acordo com a Reuters.

“Tivemos um segundo trimestre forte, mas não brilhante”, referiu a Netflix num comunicado enviado aos acionistas, no âmbito da apresentação dos resultados.

A plataforma afirmou que tenha expectativas sobrevalorizadas sobre este trimestre depois de ter subestimado o número de novos subscritores em sete dos últimos dez trimestres.

Uma das razões apontadas para os números pode ser a falta de conteúdos. Neste período, a Netflix lançou menos programas do que o habitual. As novas temporadas de sucessos como “Stanger Things” e “La Casa de Papel”, por exemplo, só estarão disponíveis no próximo ano.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O presidente do Novo Banco, António Ramalho, conversa com Teresa Leal Coelho (ausente da foto), presidente da Comissão de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa, durante a audição na Assembleia da República, Lisboa, 21 de março de 2019.  ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Ramalho: “DG Comp não tem particular simpatia pelos bancos portugueses”

António Tomás Correia, presidente da Associação Mutualista Montepio Geral

( Gustavo Bom / Global Imagens )

ASF inicia processo de avaliação da idoneidade de Tomás Correia

Rodrigo Costa, CEO da REN Fotografia: MÁRIO CRUZ/LUSA

Rodrigo Costa: “Já pagámos 127,5 milhões” de CESE

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Netflix. Resultados do segundo trimestre desanimam investidores