media

NOS acaba com canal TV Séries em janeiro

Young Pope, a série com chancela da HBO, é um dos conteúdos atualmente transmitidos no canal
Young Pope, a série com chancela da HBO, é um dos conteúdos atualmente transmitidos no canal

O preço do pacote de canais de entretenimento premium mantém-se, afirma fonte oficial da NOS.

A NOS vai acabar com o canal TV Séries. O canal premium deixa de emitir a partir de 14 de janeiro passando o seu conteúdo exclusivo a ser integrado nos restantes canais TV Cine. O preço do pacote dos canais premium mantém-se.

“A oferta global dos canais TVCine está a evoluir, passando a combinar filmes e séries e a ter novas funcionalidades de maior relevância para os clientes”, diz fonte oficial da NOS ao Dinheiro Vivo.

“Não haverá alteração no preço dos canais, tratando-se de uma evolução natural da oferta, que vai trazer grandes novidades, novas funcionalidades e muitas vantagens para os subscritores”, refere a mesma fonte quando questionada sobre se a decisão iria ter impacto no preço da comercialização dos canais premium. Os canais estão disponíveis na NOS, Meo e Vodafone com um valor de 10 euros/mensais.

O operador não revela, no entanto, quais as novas funcionalidades que os canais TV Cine passarão a ser disponibilizadas aos clientes a partir do próximo ano. “Ainda não podem ser reveladas”.

O canal TV Séries foi lançado em outubro de 2011, integrados nos canais TV Cine. A NOS já está a informar os clientes desta alteração na oferta dos canais premium.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Fábio Poço/Global Imagens

AL perdeu quase 3000 casas em Lisboa e Porto. Oferta para arrendar cresce

A  90ª edição da Micam, a feira de calçado de Milão, está agendada para os dias 20 a 23 de setembro, com medidas de segurança reforçadas. Fotografia DR

Calçado. Micam arranca este domingo e até há uma nova marca presente

Os ministros da Presidência do Conselho de Ministros, Mariana Vieira da Silva (C), Economia, Pedro Sia Vieira (E) e do Trabalho Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho (D). MANUEL DE ALMEIDA/POOL/LUSA

Portugal é o quarto país da UE onde é mais difícil descolar do mínimo

NOS acaba com canal TV Séries em janeiro