Telecomunicações

NOS anuncia Matosinhos como “primeira cidade” em Portugal com cobertura 5G

5G NOS

Cobertura de Matosinhos com a tecnologia de quinta geração foi feita "em parceria com a Huawei", adianta a operadora.

A NOS cobriu totalmente Matosinhos com 5G, em parceria com a tecnológica chinesa Huawei, tornando-a “na primeira cidade” de quinta geração móvel “em Portugal”, anunciou hoje a operadora de telecomunicações liderada por Miguel Almeida.

De acordo com a operadora, “a rede 5G da NOS está integralmente operacional e disponível, em regime piloto, à autarquia, empresas, e polos de investigação, para o desenvolvimento de ‘use cases’ alavancados nesta tecnologia”.

A cobertura de Matosinhos com 5G foi feita “em parceria com a Huawei”, adiantou.

“Ao dotar a cidade de Matosinhos com uma rede 5G, a NOS posiciona-se na linha da frente na implementação desta nova tecnologia e assume um papel de liderança na inovação associada às cidades inteligentes e ao desenvolvimento das sociedades 5.0”, prosseguiu.

A partir de hoje, “a NOS dispõe assim de um ‘laboratório’ em ambiente real, no qual irá testar soluções e serviços 5G para o mercado residencial e empresarial, assim como para as autarquias e instituições”, salientou a operadora.

“Tornar Matosinhos a primeira cidade nacional com uma rede 5G 100% operacional é um marco na história das telecomunicações em Portugal”, afirmou o presidente executivo da NOS, Miguel Almeida, citado em comunicado.

“O desafio tecnológico de disponibilizar em toda uma cidade a nova geração de comunicações móveis foi acolhido com entusiasmo e energia pelas equipas da NOS e hoje estamos orgulhosos do resultado. Estamos certos que a tecnologia 5G vai beneficiar toda a sociedade portuguesa, das empresas e instituições públicas aos cidadãos, e que o pioneirismo da NOS vai constituir um contributo inquestionável para o desenvolvimento económico e social do país”, concluiu o responsável.

A rede de 5G da NOS em Matosinhos usa o espectro na banda dos 3,5GHz solicitada à Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) para efeitos de testes.

“A ligação da NOS a Matosinhos aprofundou-se ao fazer parte do núcleo que esteve na origem da primeira Zona Livre Tecnológica (ZLT) em Portugal, onde se promove o desenvolvimento e teste de soluções tecnológicas, assentes na quinta geração móvel em parceria com entidades como o CEiiA – Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produto”, refere a empresa.

A infraestrutura 5G de Matosinhos é composta por uma rede com cerca de 20 estações rádio que cobrem integralmente a cidade, bem como a totalidade da Zona Livre Tecnológica compreendida entre o Parque da Cidade do Porto, o Porto de Leixões, a freguesia de Senhora da Hora e a zona comercial do NorteShopping, adianta a empresa.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
A ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho (D), e o secretário de Estado do Emprego, Miguel Cabrita (E). Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Salário mínimo de 635 euros? Dos 617 dos patrões aos 690 euros da CGTP

concertação

Governo sobe, sem acordo, salário mínimo até 635 euros em 2020

concertação

Governo sobe, sem acordo, salário mínimo até 635 euros em 2020

Outros conteúdos GMG
NOS anuncia Matosinhos como “primeira cidade” em Portugal com cobertura 5G