Telecomunicações

NOS diz que serviços da operadora “já se encontram totalmente repostos”

NOS Sede 1

Empresa indica que "as causas que estiveram na origem deste grave incidente serão objeto de uma averiguação".

Os serviços de voz e dados da NOS “já se encontram totalmente repostos”, divulgou hoje a operadora de telecomunicações, depois de esta manhã ter registado uma falha na rede que provocou interrupção do serviço.

“A NOS registou, ao final da manhã de hoje, dia 22 de outubro, uma falha na sua rede móvel, com impacto em clientes em algumas zonas do país, nos serviços de voz e dados”, refere a operadora liderada por Miguel Almeida, em comunicado, garantindo que “os serviços já se encontram totalmente repostos”.

Em comunicado, a empresa refere que “as equipas da NOS trabalharam ininterruptamente com os seus parceiros, para recuperar com a rapidez possível todas as funcionalidades de modo a minimizar o impacto nos seus clientes”.

A empresa adianta que “as causas que estiveram na origem deste grave incidente serão objeto de uma averiguação, cujos resultados serão dados a conhecer”.

A operadora tinha ativado hoje planos de contingência devido a uma falha nas comunicações.

Durante a manhã, fonte oficial da NOS confirmou à Lusa “uma falha na sua rede móvel, com impacto em clientes em algumas zonas do país, nos serviços de voz e dados”.

A NOS “lamenta o transtorno que esta situação possa ter causado aos clientes afetados”, conclui o comunicado.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Mário Centeno 
(EPA-EFE/PATRICIA DE MELO MOREIRA)

Lentidão nos reembolsos fazem disparar IRS em plena crise

O ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos (C), acompanhado pelo ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno e pelo presidente da CP, Nuno Freitas (E), na assinatura do contrato de serviço público entre o Estado e a CP, na Estação do Rossio, em Lisboa, 28 de novembro de 2019. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

CP sem contrato com Estado só tem dinheiro até junho

avião da TAP

PS desafia TAP a corrigir plano de rotas áreas que “lesa interesse nacional”

NOS diz que serviços da operadora “já se encontram totalmente repostos”