5G

NOS lança fundo de investimento para investigação e desenvolvimento em 5G

Miguel Almeida, Presidente da Comissão Executiva NOS durante uma entrevista no edifício sede. Foi administrador de várias companhias do universo Sonae.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)
Miguel Almeida, Presidente da Comissão Executiva NOS durante uma entrevista no edifício sede. Foi administrador de várias companhias do universo Sonae. (Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

A operadora lança o primeiro fundo de investimento, com uma dotação de 10 milhões de euros, para fomentar investigação e desenvolvimento do 5G.

A NOS lançou o primeiro fundo de investimento para estimular e fomentar a investigação e desenvolvimento da tecnologia 5G. Este fundo – “Fundo NOS 5G” – tem uma dotação de 10 milhões de euros, de acordo com o comunicado enviado às redações, e pretende investir em “empresas com soluções tecnológicas baseadas e potenciadas pela próxima geração de rede móvel, cobrindo áreas tão variadas como a realidade virtual, smart cities, condução autónoma, Internet of Things e Big Data“.

O Fundo NOS 5G, que deverá entrar em operação ainda este ano, vai “privilegiar” o investimento em empresas e projetos portugueses e em projetos que estejam nas primeiras fases de desenvolvimento (early stage). O período de investimento estimado para este fundo é de cinco anos, sendo que a gestão do mesmo vai ser concretizada por uma “gestora de fundos independente e experiente na seleção e gestão de investimentos em startups de base tecnológica”.

Miguel Almeida, CEO da NOS, nota, em comunicado, que a operadora tem ao longo dos anos “procurado fomentar, quer internamente, quer agregando parceiros, o desenvolvimento de inovação. Temos, contudo, a ambição maior de fazer Portugal crescer, criar emprego qualificado e estimular o empreendedorismo nacional”.

O líder da operadora de telecomunicações diz ainda que “as empresas em fase early stage, com operação no nosso país, serão desafiadas a criarem novas ideias e novos projetos que explorem todo o potencial que o 5G encerra e a, juntos, através do investimento e co-investimento, colocarmos estas inovações ao serviço das pessoas, das empresas e da sociedade, contribuindo, assim, para elevar o país numa posição de liderança nas áreas emergentes da tecnologia”.

“A NOS é a primeira empresa de comunicações a criar um fundo dedicado em exclusivo à quinta geração de redes móveis”, indica a empresa, em comunicado.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Mário Centeno

Centeno volta a cativar mais dinheiro

Natalidade. Fotografia: Pedro Granadeiro / Global Imagens

Despesa com apoios à família é a quinta mais baixa da UE

Foto: D.R.

Easyjet. Ligações de Portugal com Itália não serão afetadas, por enquanto

NOS lança fundo de investimento para investigação e desenvolvimento em 5G