Telecomunicações

Nowo e Oni compradas pelos espanhóis da MásMóvil

Nowo

Antiga Cabovisão tinha sido comprada pelo fundo de investimento KKR em outubro de 2018. MásMóvil criou sociedade para realizar operação.

A Nowo e a Oni têm novo dono. O grupo de telecomunicações espanhol MásMóvil, o quarto maior do país vizinho, adquiriu o controlo das duas empresas portuguesas ao fundo KKR, de acordo com um aviso publicado esta terça-feira pela Autoridade da Concorrência na imprensa. Em maio, já se admitia a entrada em Portugal do grupo espanhol.

Para o grupo MásMóvil concretizar a operação, foi constituída a sociedade Gaea, que é detida pela empresa de capital de risco Inveready.

“A operação de concentração projetada consiste na aquisição do controlo conjunto pela MasMovil Ibercom e Gaea Inversión da Cabonitel e, indiretamente, das fialiais direta ou indiretamente detidas por esta, nomeadamente a Nowo Communications e a Onitelecom – Infocomunicações à Cabolink, uma empresa indiretamente detida por fundos geridos pela KKR e Co.”, refere o aviso publicado pela Concorrência.

Em maio, o fundo KKR já teria em cima da mesa uma proposta do grupo MásMóvil para entrar na Nowo e Oni mas como sócio minoritária, escreveu, na altura, o jornal El Economista.

A MásMóvil é o quarto operador em Espanha, mercado onde tem crescido por aquisições (de PepePhone, Yoigo ou LlamaYa, entre outros), bem como de forma orgânica.

O KKR comprou a Oni e a Nowo à APAX France em outubro de 2018. A Apax France tinha comprado as duas operadoras à Altice, que as tinha colocado à venda na sequência da compra da PT Portugal.

As dificuldades financeiras da Nowo e ONI têm sido notícia, depois de a Altice Portugal ter avançado com um pedido de insolvência da Nowo por falha de pagamento de uma dívida (tendo mais tarde chegado a um plano de pagamentos) e depois do corte dos canais SportTV por uma dívida de vários milhões.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Foto:  EPA/ANDY RAIN

Sem acordo pós-brexit, Portugal pode exportar menos cerca de 300 milhões

marcelo

Marcelo admite possível “problema europeu” mas sem fecho de fronteiras

Foto: D.R.

PSI20 cai 2,28%. Perdas na Europa continuam devido ao coronavírus

Nowo e Oni compradas pelos espanhóis da MásMóvil