Empresas

Nuno Mangas assume presidência do IAPMEI em junho

Nuno Mangas, presidente do IAPMEI
Imagem: YouTube
Nuno Mangas, presidente do IAPMEI Imagem: YouTube

O ex-presidente do Instituto Politécnico de Leiria, Nuno Mangas, vai ser o próximo presidente do IAPMEI.

Nuno Mangas, antigo presidente do Instituto Politécnico de Leiria, vai ser o próximo presidente do IAPMEI (Agência para a Competitividade e Inovação). A notícia foi avançada em primeira mão pela Visão e confirmada pelo Dinheiro Vivo. Nuno Mangas vai assumir funções no início do próximo mês de junho, sabe o Dinheiro Vivo.

O conselho de administração é composto ainda por Isabel Vaz, que já trabalhou como adjunta do ministro da Economia, e por Miguel Sá Pinto, que transita da anterior equipa, apurou o Dinheiro Vivo. Estes dois membros estão já em funções.

Desde meados do mês passado, que o IAPMEI estava sem presidente dado que Jorge Marques dos Santos, que ocupou o cargo durante cerca de um ano, completou 70 anos, idade máxima para exercer cargos públicos.

Nuno Mangas é doutorado em Ciências da Educação pela Universidade da Extremadura (Espanha) e foi durante nove anos presidente do Instituto Politécnico de Leiria.

Mas a ligação de Nuno Mangas à instituição de ensino superior é mais longa: entre 1997 e 2004 foi presidente do Conselho Diretivo da Escola Superior de Tecnologia e Gestão; de 2004 a 2009 foi vice-presidente do Instituto Politécnico de Leiria e a partir de 2009 assumiu a liderança da instituição de ensino. Além disso, Nuno Mangas é presidente da CCISP – Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos.

(Notícia atualizada às 18:16)

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Artur Machado/Global Imagens

Excesso de cabrito e leitão não faz baixar o preço na Páscoa

Fernando Faria de Oliveira, presidente da Associação Portuguesa de Bancos. TIAGO PETINGA/LUSA

Bancos dizem que condições das linhas de crédito foram definidas pelo Governo

Fotografia: Regis Duvignau/Reuters

Quase 32 mil empresas recorrem ao lay-off. 552 mil trabalhadores em casa

Nuno Mangas assume presidência do IAPMEI em junho