Retalho Alimentar

Dia fecha ano com vendas brutas de 852,8 milhões em Portugal

Intermarché e O Dia têm central de negociação comum
Intermarché e O Dia têm central de negociação comum

Em Portugal o grupo de distribuição espanhol dono do Minipreço fechou o ano com 630 lojas, mais 7 do que em 2016

O grupo Dia fechou o ano passado com vendas brutas de 852,8 milhões em Portugal, valor que representa uma ligeira subida de 0,6% em relação a 2016. Globalmente, o grupo espanhol dono do Minipreço fechou 2017 com vendas brutas de 10,3 mil milhões de euros, mais 1,5% do que face ao ano anterior, um crescimento empurrado pela evolução positiva do Brasil e Argentina, mas com os lucros a recuar sofrendo o impacto da descontinuação das operações na China, anunciou esta quinta-feira o grupo.

O resultado líquido ajustado caiu 19,2%, para 217 milhões de euros, enquanto o resultado líquido atribuído recuou 38% para 109,6 milhões de euros.

“2017 foi o primeiro ano desde a nossa entrada em bolsa em 2011 que não alcançamos os nossos objetivos financeiros. Os nossos resultados foram abaixo da revisão de guidance feita em outubro, já que o investimento em preços foi mais elevado do que antecipamos inicialmente. A nossa decisão de manter a nossa liderança de preços em Espanha teve impacto nas nossas margens que não pode ser compensado com os esforços de corte de custos e pelos ganhos obtidos pelas nossas alianças de procurement”, justifica Ricardo Currás, CEO do Grupo DIA.

Na Europa, Espanha foi o mercado que impactou negativamente nos resultados, com as vendas brutas a cair 3,8%, para 5,736 mil milhões. Globalmente, apesar do ligeiro crescimento ocorrido em Portugal receitas no mercado ibérico recuaram 3,3% refletindo a quebra em Espanha.

O Dia destaca ainda os esforços feitos na área do comércio online em Espanha em que o grupo registou vendas de 58 milhões, conquistando no final do ano passado uma quota de 10%. O grupo fechou parceria com a Amazon Prime estando, depois de Madrid, presente em Barcelona e Valência.

O grupo fechou o ano com 7388 lojas (-32), das quais 3603 lojas próprias e 3785 franchisadas. Em Portugal o parque de lojas aumentou sete espaços, para um total de 630, das quais 333 lojas do grupo e 297 através de franchising.

Em 2017 foram remodeladas em Portugal e Espanha 613 lojas, este ano é esperado que mais de mil sejam alvo de remodelação.

O grupo vai propor na próxima assembleia geral de acionistas o pagamento de um dividendo de 0,18 euros por ação, que representa um payout perto de 51%, anunciou o grupo de distribuição.

 

*Em Madrid, jornalista viajou a convite da empresa

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Mário Centeno

Centeno volta a cativar mais dinheiro

Natalidade. Fotografia: Pedro Granadeiro / Global Imagens

Despesa com apoios à família é a quinta mais baixa da UE

Greve dos estivadores do Porto de Setúbal.

Estivadores de Setúbal anunciam greves parciais mas poupam Autoeuropa

Dia fecha ano com vendas brutas de 852,8 milhões em Portugal