media

A Nónio chegou. Saiba o que precisa de fazer

Capas Dinheiro Vivo

A Nónio vai oferecer um serviço mais personalizado, com mais segurança e qualidade. O Dinheiro Vivo faz parte da plataforma.

A plataforma tecnológica, criada pela grande maioria dos grupos de comunicação social portugueses (Cofina, Global Media, Impresa, Media Capital, Público e Renascença), já está presente em todos os sites aderentes, onde se inclui o Dinheiro Vivo.

Esta plataforma uniformiza o registo nos mais de 70 sites destes seis grupos (num processo de registo parecido ao que, por exemplo o Facebook, Instagram, WhatsApp, Google, Gmail, Youtube usam). A Nónio permite aceder a um número limitado de notícias sem registo. Mas, para navegar sem limites terá de se registar. O registo é gratuito e simples – só tem de indicar o nome, apelido e e-mail.

Apenas o acesso aos conteúdos reservados a assinantes continuará a ser pago, não sofrendo alterações com a introdução da Nónio.

Todos os dados são protegidos e confidenciais, podendo o leitor solicitar que sejam eliminados a qualquer momento.

O principal objetivo do projeto é personalizar a publicidade de acordo com os interesses dos utilizadores. O registo vai tornar possível acumular um histórico de hábitos de consumo do utilizador, que deixará, por exemplo, de receber publicidade que não lhe interessa.

Se ainda persistirem dúvidas pode aceder à área de perguntas mais frequentes no site. No caso de mesmo assim não ficar totalmente esclarecido pode enviar um e-mail para apoio@nonio.net, de onde obterá uma resposta do centro de atendimento do serviço.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
António Costa, Mário Centeno e outros ministros num evento sobre os três anos de Governo. Fotografia: 
Gonçalo Delgado/Global Imagens

Costa só reverteu 35% do emprego público destruído no tempo de Passos e Portas

( Pedro Granadeiro / Global Imagens )

Salário já não é tudo para segurar jovens talentos

O Governador do Banco de Portugal, Carlos Costa. (Fotografia: Inácio Rosa/ Lusa)

Governo quer Finanças a fiscalizar Banco de Portugal

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
A Nónio chegou. Saiba o que precisa de fazer