Octávio Ribeiro: "Não há fusão de redacções" na Cofina

A Cofina nega que esteja em marcha uma fusão de redacções do grupo.

A Cofina, que detém títulos como o Correio da Manhã e o Jornal de Negócios, não vai avançar com uma fusão de redações, confirmou Octávio Ribeiro, diretor-geral editorial da empresa, ao Dinheiro Vivo.

O Expresso noticiou esta quarta-feira, no seu site, que a Cofina está a juntar as suas redações, como previsto no plano de reorganização do grupo, anunciado em abril deste ano, adiantando que não se trata de uma fusão de redações. Entretanto, o jornal digital eco.pt avançou que estava em marcha uma fusão das redações do grupo de Paulo Fernandes.

Estas notícias surgem na sequência do início, esta quarta-feira, de obras no interior do edifício que alberga as publicações da Cofina, que detém títulos como o Correio da Manhã, a CMTV, o Record e o Jornal de Negócios, e que passou pela saída de cerca de 60 trabalhadores.

A reorganização em curso no grupo visa obter mais sinergias e otimiza a utilização dos meios e recursos do grupo de media.

O arranque dos trabalhos no edifício apanhou de surpresa os funcionários do grupo, que, segundo apurou o Dinheiro Vivo, não tinham sido avisados de que as obras iriam começar.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de