expansão

Olivier inaugura KOB no Porto já com abertura do Guilty marcada

O Porto é a mais recente aposta do chef e empresário Olivier da Costa. Fotografia: D.R.
O Porto é a mais recente aposta do chef e empresário Olivier da Costa. Fotografia: D.R.

O chef Olivier já dá cartas na Invicta. O KOB é a sua estreia. Promete não ficar por aqui

Olivier da Costa, chef e empresário da restauração, acaba de abrir o seu primeiro restaurante no Porto. O KOB, steakhouse de carnes maturadas, é uma parceria de Olivier com o empresário portuense Filipe Herculano e o primeiro passo da expansão das marcas do chef lisboeta à Invicta. O investimento total no espaço rondou os 200 mil euros. Para abril, está prevista a abertura de um restaurante da marca Guilty, também com o apoio de Filipe Herculano e de mais outro parceiro, Rui Ganguinha.

Segundo Olivier da Costa, “era estratégico entrar no Porto”, até para responder às solicitações dos clientes que vão aos restaurantes do chef em Lisboa e no Algarve. O empresário explora as marcas KOB, Avenida, Yakusa, Guilty e Seen e já internacionalizou o seu savoir faire para o Brasil. O próximo destino será a Tailândia.

No centro da movida
O KOB abriu em plena Baixa do Porto, entre a Avenida dos Aliados e as Galerias Paris, zona da movida noturna da cidade. A localização do espaço foi determinante para a instalação deste restaurante, que os parceiros querem que seja frequentado maioritariamente por portugueses (apontam para 70%). O objetivo é que seja uma experiência gastronómica, mas sobretudo um local de partilha e convívio para todos os clientes. Ao contrário de Lisboa, este restaurante tem bar.

Já o Guilty deverá abrir em abril. Sem querer desvendar muitos pormenores, o empresário Filipe Herculano acabou por revelar que o restaurante ficará algures na Rua Júlio Dinis, entre o Palácio de Cristal e a Rotunda da Boavista. O Guilty, restaurante com um conceito jovem e urbano, será instalado num espaço com 300 metros quadrados e terá esplanada. “O investimento é avultado”, disse Filipe Herculano, sem pormenorizar. A estas estreias no Porto poderão seguir-se outras.

 

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O governador do Banco de Portugal, Carlos Costa. (Fotografia: Mário Cruz/ Lusa)

Carlos Costa: “Não participei nos 25 grandes créditos que geraram perdas” à CGD

Pedro Granadeiro / Global Imagens

Reclamações. Anacom acusa CTT de divulgar informação enganosa

Paulo Macedo, presidente da CGD

CGD cumpre “com margem significativa” requisitos de capital do BCE

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Olivier inaugura KOB no Porto já com abertura do Guilty marcada