Empresas

Padaria Portuguesa vai fornecer outras padarias no país

Padaria Portuguesa
Padaria Portuguesa

A Padaria Portuguesa vai abrir um canal de vendas de pães e bolos para fornecer operadores selecionados em Portugal.

A Padaria Portuguesa vai abrir um canal de vendas para fornecer outros operadores em Portugal. A estratégia faz parte de um plano de investimento até 2022 baseado em três eixos: segmentos dos almoços, canal wholesale e expansão da rede de lojas.

Com oito anos de mercado, 60 lojas em Lisboa e mais de 1200 colaboradores, a Padaria Portuguesa espera alcançar um volume de negócios de 65 milhões de euros em 2022.

Através da fábrica em Marvila, a padaria vai abrir um canal de vendas de pães e bolos para fornecer outros operadores em Portugal e, potencialmente, noutros mercados.

O plano passa também por reforçar o programa de almoços com uma gama de refeições quentes e receitas caseiras. “Cerca de 70% dos almoços na Grande Lisboa são consumidos fora de casa, e nós queremos ganhar quota oferecendo soluções de conveniência, com base em receitas absolutamente caseiras, servidas numas inovadoras caixinhas em balsa, 100% biodegradáveis, que podem ser consumidas nas nossas lojas ou on the go”, explica Nuno Carvalho, fundador e CEO da Padaria Portuguesa.

A rede de lojas irá expandir-se em Lisboa mas também em outras geografias do país, indica a empresa em comunicado sem avançar quais as novas localizações.

A Padaria Portuguesa continua também a apostar na formação através da sua Academia inaugurada no final do ano passado.

Nos próximos três anos, será ainda reforçado o trabalho de gestão de desperdício alimentar, nomeadamente, através de uma parceria com a Refood, que inaugurou recentemente uma operação num espaço cedido pela Padaria Portuguesa no Parque das Nações.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Caixa Geral Depósitos CGD Juros depósitos

Créditos ruinosos da Caixa nas mãos do Ministério Público

A330-900 neo

A330 neo. Associação de pilotos quer ouvir especialistas na Holanda

Greve de motoristas de matérias perigosas parou o país, em abril. 
(MÁRIO CRUZ/LUSA

Nova greve dos camionistas dia 12. Pré-aviso já foi entregue

Outros conteúdos GMG
Padaria Portuguesa vai fornecer outras padarias no país