Retalho Alimentar

Pastéis de nata, pera rocha… Lidl exportou 100 milhões de produtos nacionais

pasteis-de-nata-2-1

Exportações de produtos nacionais para lojas da cadeia alemã no mercado europeu aumentaram 40% o ano passado

O ano passado o Lidl Portugal enviou 250 mil pastéis de nata para as lojas da cadeia alemã na Bélgica, um dos 203 produtos nacionais exportados pela insígnia para os mercados onde está presente.

“O Lidl Portugal exportou 100 milhões de euros para outros países onde o Lidl está presente”, adiantou o CEO Massimiliano Silvestri, num encontro com jornalistas. O valor representa uma subida de 40% face a 2016. Há um ano a cadeia tinha exportado 70 milhões de euros.

Leia ainda: Lidl Portugal vai investir 100 milhões de euros em 2018

Vinho, azeite, pera rocha e desde o ano passado a castanha são outros dos produtos nacionais que o Lidl coloca no mercado externo.

“Pera Rocha é um produto simbólico. Somos responsáveis, juntamente com a associação Portugal Fresh, por 10% das exportações da pera rocha”, diz Massimiliano Silvestri.

Desde 2014, que o Lidl, em parceria com a Portugal Fresh, já exportou um total de 27 mil toneladas de pera rocha para países como a Alemanha, Espanha, Inglaterra, Irlanda e Polónia. Do total, 16 mil toneladas foram exportadas, exclusivamente, para a Alemanha. Só o ano passado Lidl exportou para a Europa 9,3 mil toneladas.

Peso dos fornecedores nacionais no sortido

Cerca de 50% do sortido vendido pelo Lidl nas 250 lojas nacionais têm origem Nacional. O peso dos fornecedores portugueses na carne é de 100% e nos frescos e legumes de 70%. E querem continuar a desenvolver o sortido português, com “criação de novos produtos nas áreas de carne, laticínios, vinhos, biológicos e refeições prontas”, diz.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Indústria do calçado. 
Fotografia: Miguel Pereira/Global Imagens

Portugal regressou ao Top 20 dos maiores produtores de calçado

Sonae Industria

Ações da Sonae Indústria e da Sonae Capital disparam após OPA da Efanor

Alexandre Meireles, presidente da ANJE. Fotografia:  Igor Martins / Global Imagens

ANJE teme que 2021 traga “grande vaga” de falências e desemprego

Pastéis de nata, pera rocha… Lidl exportou 100 milhões de produtos nacionais