OPA

Pereira Coutinho lança OPA sobre a SAG e oferece 0,0615 euros por ação

João Pereira Coutinho. Fotografia: Álvaro Isidoro / Global Imagens
João Pereira Coutinho. Fotografia: Álvaro Isidoro / Global Imagens

O empresário João Pereira Coutinho anunciou a intenção de lançar uma oferta pública de aquisição (OPA) sobre a SAG GEST – Soluções Automóveis Globais, sendo a contrapartida de 0,0615 euros, de acordo com o anúncio ao mercado.

Segundo o comunicado divulgado na terça-feira à noite, o objetivo do oferente, que lidera a empresa, é o de “assegurar às subsidiárias da sociedade visada a continuidade da sua atividade por outra via e permitir aos acionistas venderem as suas participações na sociedade visada dado que esta deixará de operar no negócio do ramo automóvel – isto é, na principal atividade que desenvolveu desde a sua constituição”.

A intenção é “encontrar uma solução financeira para as empresas que permita garantir a continuação da atividade das subsidiárias operacionais e, mais importante, a manutenção dos mais de 650 postos de trabalho diretos”, lê-se no anúncio preliminar da oferta, que não tem informações sobre qual o novo projeto para o grupo, que em Portugal comercializa as marcas Volkswagen, Audi e Škoda.

Este negócio será integralmente cedido, pelo valor simbólico de um euro, à Porsche Holdings, sociedade pertencente ao Grupo VW, um processo que deverá estar concluído ainda este ano.

“Como tem vindo a público, o negócio da distribuição automóvel está em profunda mutação, com margens progressivamente menores e frequentemente negativas, tendo deixado de ser um negócio de margem fixa para margem variável”, justifica, adiantando que “esta realidade veio a afetar gravemente a possibilidade prática de continuação do negócio do ramo automóvel” pela SAG GEST.

Segundo o anúncio, as ações objeto da oferta são a totalidade das ações ordinárias, com o valor nominal de um euro cada, representativas do capital social da Sociedade Visada, que não sejam detidas pelo Oferente ou pelas sociedades IAMC – Investment and Assets Management Consulting, Lda., SGC – Investimentos, SGPS, S.A. e Principal – Gestão de Activos e Consultoria Administrativa e Financeira, S.A.

Os intermediários financeiros da oferta são o BCP e o Caixa – Banco de Investimento.

Ainda segundo o anúncio preliminar ao lançamento da OPA, são imputados a Jorge Pereira Coutinho 88,8610% dos direitos de voto atualmente exercíveis na sociedade visada.

“A contrapartida oferecida será paga em numerário, correspondendo a 0,0615 euros por cada ação”, acrescenta.

A eficácia da oferta está sujeita à aquisição por João Pereira Coutinho de um número de ações que, acrescidas às detidas pelo oferente (bem como por outras entidades indicadas como estando relacionadas) representem, pelo menos, 90% dos direitos de voto mais 1 (um) direito de voto na sociedade.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Lisboa, 16/07/2019 - Decorreu hoje parte de uma reportagem sobre, empregos criados pelas empresas de partilha de veículos em Portugal..
Acompanhamos a recolha, carregamento e reparação das trotinetes partilhadas da Circ.

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Partilha de veículos dá emprego a mais de 500 pessoas

Lisboa, 16/07/2019 - Decorreu hoje parte de uma reportagem sobre, empregos criados pelas empresas de partilha de veículos em Portugal..
Acompanhamos a recolha, carregamento e reparação das trotinetes partilhadas da Circ.

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Partilha de veículos dá emprego a mais de 500 pessoas

António Mexia, CEO da EDP. Fotografia: REUTERS/Pedro Nunes

Saída de clientes da EDP já supera as entradas

Outros conteúdos GMG
Pereira Coutinho lança OPA sobre a SAG e oferece 0,0615 euros por ação