Ryanair

Pilotos de Ryanair na Alemanha juntam-se à greve de sexta-feira

Ryanair

Os pilotos da Ryanair na Alemanha vão apoiar a greve de 24 horas anunciada para sexta-feira pelos pilotos da Irlanda, Suécia e Bélgica.

Os pilotos da Ryanair na Alemanha vão apoiar a greve de 24 horas anunciada para sexta-feira pelos pilotos da Irlanda, Suécia e Bélgica, disse hoje o sindicato alemão Vereinigung Cockpit.

De acordo com o sindicato, trata-se de uma greve de 24 horas que abrange todos os pilotos contratados pela Ryanair na Alemanha, sendo que os pilotos da companhia aérea decidiram apoiar a greve, para pressionarem a administração a aumentar os salários e a melhorar as condições de trabalho.

O sindicato não esclareceu quais as ligações aéreas que serão afetadas pela greve.

A greve terá início na sexta-feira às 04:01 (hora de Lisboa) e terminará no sábado às 03:59.

Desta forma, o sindicato alemão une-se aos pilotos da Ryanair na Irlanda, Suécia e Bélgica, que também vão paralisar na sexta-feira.

Esta é a maior greve de pilotos na história da companhia aérea de baixo custo irlandesa.

A Ryanair já cancelou 146 dos 2.400 voos previstos para sexta-feira na Europa.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
João Lousada no deserto de Omã como astronauta análogo, em 2018

João Lousada. Conheça o primeiro português a liderar a Estação Espacial

João Lousada no deserto de Omã como astronauta análogo, em 2018

João Lousada. Conheça o primeiro português a liderar a Estação Espacial

Fotografia: REUTERS/Henry Nicholls - RC122C9DD810

Cartas de Boris Johnson causam surpresa e perplexidade em Bruxelas

Outros conteúdos GMG
Pilotos de Ryanair na Alemanha juntam-se à greve de sexta-feira