Retalho Alimentar

Pingo Doce começa a fazer entregas de refeições em casa no Porto

Refeições Pingo Doce

Foto:D.R
Refeições Pingo Doce Foto:D.R

Com esta decisão, a cadeia do grupo Jerónimo Martins estende ao Porto a parceria que tinha com a Takeaway.com na Grande Lisboa.

O Pingo Doce está a começar a fazer entregas de refeição em casa no Porto e Vila Nova de Gaia através da Takeaway.com, estendendo a parceria que já existia com a plataforma de entregas na Grande Lisboa. Os clientes não pagam taxa de entrega.

Os pedidos serão abastecidos a partir dos restaurantes do Pingo Doce, situados na Prelada e na rua Passos Manuel, no Porto, e abrangem a maioria das freguesias da cidade e do concelho de Vila Nova de Gaia. As encomendas podem ser feitas através da aplicação ou site da Takeaway.com.

Pratos de comida tradicional portuguesa, como arroz de pato ou bacalhau espiritual (5,99 euros/dose), frango assado, grelhados e salgados, bem como sopas e bebidas estão disponíveis para encomenda.

Devido à pandemia, as entregas são feitas sem contacto físico e todos os pagamentos são feitos online.

Com esta decisão, a cadeia de retalho alimentar do grupo Jerónimo Martins estende a parceria que tinha com a Takeaway.com. Desde julho do ano passado que a cadeia começou através desta plataforma a fazer entregas em Lisboa, na zona de 2,5 km das lojas de Telheiras e Tomás Ribeiro, tendo vindo desde então a expandir a área de entregas na Grande Lisboa.

A venda de refeições em takeaway é uma das fortes áreas de negócio do Pingo Doce, cadeia que tem inclusive várias cozinhas centrais que asseguram a produção da comida pronta para os supermercados e restaurantes. Ao todo são 36 restaurantes nas mais de 400 lojas espalhadas pelo país.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
dbrs-1060x594

DBRS mantém rating de Portugal em ‘BBB’ e perspetiva estável

O primeiro-ministro, António Costa, intervém durante a cerimónia de assinatura de declaração de compromisso de parceria para Reforço Excecional dos Serviços Sociais e de Saúde e lançamento do programa PARES 3.0, no Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, em Lisboa, 19 de agosto de 2020. ANDRÉ KOSTERS/LUSA

“Na próxima semana podemos chegar aos 1000 casos por dia”, avisa Costa

App Stayaway covid

App Stayaway Covid perto do milhão de downloads. 46 infetados enviaram alertas

Pingo Doce começa a fazer entregas de refeições em casa no Porto