Retalho Alimentar

Pingo Doce. Vaga de calor e incêndios afectam abastecimento de lojas com água

Pingo Doce_loja
Foto: Leonardo Negrão/Globalimagens

Situação afetou abastecimento de algumas lojas. Situação está "praticamente resposta", diz cadeia de supermercados da Jerónimo Martins

A vaga de calor na última semana e os incêndios um pouco por todo o país afetaram o abastecimento de algumas lojas Pingo Doce de água de marca própria, bem como de outros fornecedores, confirmou o Dinheiro Vivo junto da empresa. A falha no abastecimento está “praticamente ultrapassada”, garante a cadeia do grupo Jerónimo Martins.

“Houve durante alguns dias dificuldade em abastecer de águas de marca própria e outras marcas algumas lojas Pingo Doce. Esta dificuldade, atualmente praticamente ultrapassada, deveu-se a dois motivos”, confirmou ao Dinheiro Vivo fonte oficial do Pingo Doce. “A vaga invulgar de calor que se fez sentir e que, mesmo tendo sido precavida pelas operações do Pingo Doce, levou a um aumento atípico do consumo de água e até a algumas avarias em máquinas de alguns fornecedores da marca própria Pingo Doce”, refere a mesma fonte.

Os incêndios, em particular o de Monchique, no Algarve, também contribuíram para esta situação. “Os incêndios que deflagraram nos últimos dias levaram ao aumento de consumo nas zonas próximas das afectadas, nomeadamente no Algarve, e também a naturais dificuldades de transporte destes produtos sentidas por parte dos diversos fornecedores”, refere fonte oficial da cadeia de supermercados.

“A acrescer a isto, algumas lojas Pingo Doce no Algarve têm estado a dar produtos, incluindo água, às corporações de Bombeiros envolvidas no combate aos fogos florestais, designadamente aos bombeiros de Portimão e Silves”, adianta fonte oficial da cadeia.

“Neste momento, a distribuição de águas, tanto de marca própria, como de outros fornecedores do Pingo Doce, está praticamente regularizada”, garante a empresa.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes. MÁRIO CRUZ/LUSA

Famílias ficam com um pouco mais de salário ao final do mês

Miguel Almeida, CEO da NOS

Comité de Ética da NOS vai ouvir os administradores envolvidos no Luanda Leaks

O Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, discursa durante a cerimónia de tomada de posse do XXII Governo Constitucional, liderado pelo secretário-geral do Partido Socialista (PS), António Costa, no Palácio da Ajuda, em Lisboa, 26 de outubro de 2019. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Marcelo: É bem-vindo a Portugal todo o investimento no respeito da legalidade

Pingo Doce. Vaga de calor e incêndios afectam abastecimento de lojas com água