Plataforma de dados imobiliários garante 135 milhões para expansão europeia

Com mais de 15 mil utilizadores profissionais do setor e 95 milhões de listagens de imóveis, a Casafari vai agora dar vida a novo investimento e acelerar expansão europeia.

Um contrato de 120 milhões de dólares para criar uma carteira de imóveis residenciais e comerciais, direcionada para investidores institucionais europeus, e uma ronda de financiamento Série A, no montante de 15 milhões, liderada pela sociedade de capital de risco norte-americana Prudence Holdings. Juntos, os dois processos asseguram à Casafari 135 milhões de dólares para investir e dar gás à expansão.

"Fundámos a Casafari com a missão de organizar o mercado imobiliário num ecossistema eficiente, impulsionado por dados, que potenciam e aceleram as transações imobiliárias através de uma plataforma B2B segura e transparente", resume Mila Suharev, Co-CEO e CPO da plataforma. "O sucesso que alcançámos e o feedback dos nossos clientes dá-nos segurança para o próximo passo na expansão para Alemanha, Áustria, Suíça e Reino Unido, estabelecendo-nos como a principal rede pan-europeia de transações imobiliárias".

A plataforma de dados imobiliários líder na Europa, que conta com mais de 15 mil utilizadores profissionais do setor e 95 milhões de listagens de imóveis, acaba de fechar o contrato com um consórcio de fundos de private equity europeus, "incluindo o grupo de investimentos suíço Stoneweg, para implementar uma estratégia de compra de imóveis para arrendamento (buy-to-let) com foco em unidades fragmentadas (single units) nos setores residencial e comercial", comunicou a Casafari, a que se junta o financiamento pela sociedade de capital de risco norte-americana que já financiou empresas como Compass, Blockchain.com, Uber e Spotify. Neste levantamento, contam-se ainda as contribuições da Armilar Venture Partners (sociedade de capital de risco portuguesa que apoiou os unicórnios Outsystems e Feedzai), da HJM Holdings, da 1Sharpe (fundadores da Roofstock) e da FJ Labs (Fabrice Grinda, fundador do Grupo OLX), bem como do investidor atual Lakestar.

"Este não é apenas mais um agregador de dados - é todo um sistema operativo que ajuda os profissionais imobiliários em tempo real, remove a desigualdade de conhecimento, acelera transações e abre novas oportunidades para iBuyers, promotores, investidores, e operadores de Q-commerce, entre outros, para alcançarem os seus objetivos de investimento", afirma Stephen Nundy, partner da Lakestar.

Também a Prudence Holdings não tem dificuldade em apontar os fatores distintivos da empresa que justificam o investimento. "Na Europa, e como na maioria das geografias fora dos Estados Unidos, os dados imobiliários nunca foram estruturados e organizados devido à falta de um Serviço de Listagens Múltiplas (MLS) unificado. A CASAFARI assumiu o protagonismo de agregar, verificar e distribuir estes dados aos mais importantes players do mercado, oferecendo uma única fonte de informação verdadeira de dados de imóveis e transações.", explica Gavin Mayers, cofundador da Prudence Holdings, explicando o racional da operação. "Através da tecnologia e serviços inovadores, recorrendo a Inteligência Artificial e machine learning, a Casafari vai transformar imóveis unifamiliares como uma classe de ativos para investidores institucionais. Existe uma enorme oportunidade para a Europa seguir o exemplo dos Estados Unidos, mercado onde o investimento institucional em propriedades fragmentadas disparou de quase 0 para 40 mil milhões de dólares em dez anos".

Com operações em Portugal, Espanha, França e Itália, a Casafari que Mila Suharev, Nils Henning e Mitya Moskalchuk fundaram em 2018 cresceu exponencialmente e conta já com 1500 clientes e mais de 15 mil profissionais, sendo apoiada por 90 colaboradores de 24 nacionalidades. E acaba de lançar uma nova linha de negócio através da qual fechou o contrato de 120 milhões, sendo mandatada pelo consórcio para "identificar, selecionar e negociar a aquisição de mais de 700 imóveis residenciais e comerciais com potencial de arrendamento e valorização de longo prazo".

Segundo Nils Henning, CEO da plataforma, "a Casafari criou um ecossistema tecnológico único, que liga agentes, promotores, gestores de ativos e investidores e permite a pesquisa, avaliação, subscrição e colaboração de transações em todas as classes de ativos. Estamos muito entusiasmados por representar importantes clientes institucionais, como a Stoneweg, na sua estratégia de investimento, trazendo mais liquidez para o mercado e gerando mais transações para os clientes de nossa plataforma."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de