comunicação

Porbatata quer por a batata em pratos limpos

Cartaz Campanha Porbatata 2020_

Campanha arranca com a colheita da batata num momento em que a fileira enfrenta dificuldades de escoamento no canal Horeca e de exportação.

A Porbatata – Associação da Batata de Portugal arranca esta quarta-feira nas suas redes sociais com uma campanha que visa promover o consumo da batata nos lares nacionais. A campanha arranca numa altura em que se inicia a colheita deste alimento e o sector enfrenta dificuldades no escoamento do produto no canal horeca e “são poucas as perspetivas de exportação”.

“Amada por uns, incompreendida por outros, a batata é um alimento incontornável da gastronomia portuguesa. Com esta iniciativa queremos lembrar a importância nutricional da batata e o seu papel de destaque na nossa mesa e também na dieta Mediterrânica. Estamos na época da batata e, por isso, este é o momento ideal para lembrar os portuguesas da sua importância. É fundamental desfazer mitos e promover o consumo, sobretudo, no contexto atual”, diz Sérgio Ferreira, presidente da Porbatata, citado em nota de imprensa. A Pordata representa mais de metade dos produtores de batata em Portugal e conta com mais de meia centena de associado

“Vamos por a batata em pratos limpos?” é o desafio lançado num vídeo que pretende enaltecer os atributos da batata e apelar ao consumo, naquela que é a época de produção mais forte do ano. O vídeo sublinha que este alimento é “uma excelente fonte de energia, utilizada da cabeça aos pés (zero desperdício) e fonte de vitaminas, potássio e cálcio. É um pilar da gastronomia portuguesa, presente nos momentos de maior partilha”.

 

 

“Sou batata portuguesa – No lugar certo, na sua mesa” é o repto deixado na campanha que surge num ano em que “a fileira da batata enfrenta enormes dificuldades”. “A pandemia de COVID-19 praticamente paralisou as vendas para o canal horeca. A par disso, são poucas as perspetivas de exportação”, refere a associação em nota de imprensa.

Em Portugal, o consumo per capita de batata é de 93,6 quilos por ano. É produzida em todo o país, com destaque para as zonas Entre Douro e Minho, Trás-os-Montes, Beira Interior, Beira Litoral, Oeste, Ribatejo, Península de Setúbal e Costa Alentejana. No total, a área ocupada pelo cultivo deste alimento totaliza 22 mil hectares e a produção média atinge as 400 mil toneladas anuais, segundo informação prestada pela Pordata.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
7. Aeroporto de Londres Heathrow

Oficial. Portugal fora do corredor turístico do Reino Unido

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Decisão do Reino Unido é “absurda”, “errada” e “desapontante”, diz Santos Silva

O primeiro ministro, António Costa.     MANUEL DE ALMEIDA / POOL/LUSA

António Costa admite despedimentos na TAP com menos rotas e aviões

Porbatata quer por a batata em pratos limpos