Automóvel

Porsche Holding conclui compra da SIVA

Fotografia: SIVA
Fotografia: SIVA

A importadora da Volkswagen, Audi, Skoda, Lamborghini e Bentley passou para as mãos da empresa austríaca, que pertence ao grupo Volkswagen.

A Porsche Holding Salzburg (PHS) concluiu a compra da SIVA. A importadora da Volkswagen, Audi, Skoda, Lamborghini e Bentley passou para as mãos da empresa austríaca, que pertence ao grupo Volkswagen. A operação ficou oficialmente fechada no dia 15 de outubro, segundo anúncio feito esta segunda-feira, na Azambuja. O negócio também inclui a compra dos 11 concessionários da Soauto.

“Depois de uma longa negociação, de quase dois anos, que levou a uma grande incerteza, é com grande orgulho que afirmamos que fechámos esta aquisição. Os últimos meses foram um desafio. Encaramos esta tarefa como otimismo”, adiantou Hans Peter Schützinger, presidente do conselho de administração da PHS, em conferência de imprensa.

“O mercado português encaixa-se de forma muito boa na nossa carteira. Estamos focados nos mercados de pequena e média dimensão”, acrescentou este dirigente.

Até 2022, a PHS pretende que a SIVA volte a vender mais de 30 mil automóveis novos por ano, regressando aos números de 2017.

“Queremos chegar a este número com uma mistura de segmentos mais saudável”, explicou Pedro de Almeida, que passa a coordenar os destinos da SIVA em conjunto com a austríaca Viktoria Kaufmann.

No final de 2018, a SIVA tinha vendido 20 300 veículos novos. Ou seja, terá de recuperar a venda de 10 mil automóveis nos próximos três anos.

“Será um crescimento orgânico, através da estratégia, do preço e do marketing do grupo. Este crescimento será proporcionar a todas as marcas porque a quebra foi sentida por todas as marcas. Pretendemos reposicionar as quotas de mercado para o nível que merecem”, detalhou o executivo português.

A aposta nas vendas a frotas de rent-a-car será feita “com um risco controlado “para maximizar o valor residual “destes veículos” ao “aproveitar a rede de concessionários de carros usados”.

Liderança bicéfala

O modelo de gestão da SIVA será semelhante ao seguido da PHS nos restantes mercados: serão colocados dois gestores para controlar a empresa de importação de automóveis.

Pedro de Almeida vai ficar com os pelouros da gestão das marcas, marketing estratégico e relações públicas e o digital; Viktoria Kaufmann vai gerir os serviços partilhados, como recursos humanos, departamento financeiro, apoio jurídico, peças, pós-venda e logística.

Os novos donos da SIVA comprometem-se ainda a manter os 280 postos de trabalho e prometem investimento nas marcas, infraestruturas e concessionários.

Compra por 1 euro

A PHS anunciou a compra da SIVA à SAG, de João Pereira Coutinho, no final de abril, pelo valor simbólico de um euro. A empresa austríaca assumiu a dívida da empresa portuguesa, que obteve um perdão de 100 milhões de euros junto dos bancos BCP, BPI, Caixa Geral de Depósitos e Novo Banco.

(Notícia atualizada às 13h27 com mais informação)

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Alberto Souto de Miranda
(Gerardo Santos / Global Imagens)

Governo. “Participar no capital” dos CTT é via “em aberto”

Congresso APDC

“Temos um responsável da regulação que não regula”

Congresso APDC

Governo. Banda larga deve fazer parte do serviço universal

Outros conteúdos GMG
Porsche Holding conclui compra da SIVA