portagens

Portagens com desconto de 15% em cinco autoestradas do País

Desconto de 15% em cinco autoestradas do País já foi publicado em Diário da República. Entra em vigor a 1 de agosto

A23, A24, A25, A4 e A22. Estas são as autoestradas onde as portagens vão ficar mais baratas. O desconto é de 15% e entra em vigor a partir de 1 de agosto, de acordo com a portaria publicada esta quarta-feira em Diário da República.

A descida nos preços em algumas autoestradas do País já estava nos planos de Pedro Marques que está esta quarta-feira na Covilhã para divulgar a descida que pretende, especialmente, dinamizar as estradas no interior de Portugal. No documento publicado hoje, o Governo aponta critérios de convergência económica e coesão territorial para justificar os descontos.

“O XXI Governo Constitucional afirmou desde o início e manteve os compromissos de não introduzir portagens em vias já em serviço e de aplicar um desconto de 15 % nas portagens em algumas autoestradas, instituindo assim instrumentos de discriminação positiva como forma de promover a coesão territorial e de assegurar uma repartição mais justa de riqueza”, refere o diploma.

Em causa estão os troços entre Torres Novas e Guarda (A23), Lagos e Vila Real de Santo António (A22) e entre Viseu e a fronteira de Vila Verde de Raia, no município de Chaves (A24).

Na autoestrada transmontana, entre Amarante e Quintanilha, em Bragança, (A4) o preço também vai cair. No entanto o troço entre Matosinhos e Amarante fica de fora. O Governo esclarece que, ainda na A4, a área do Túnel do Marão já foi taxada com o desconto de 15%. Por fim, também a A25 entre Albergaria-a-Velha e Vilar Formoso terá um preço mais baixo.

São abrangidos pelos descontos 550 quilómetros de autoestradas. O governo assume que o novo regime de descontos tem em conta o poder de compra da população – baseando-se no indicador per capita de poder de compra concelhio (IpC) -, tendo sido “selecionadas autoestradas com um IpC igual ou inferior a 90% da média nacional”.

Além da descida nos preços, o ministério do Planeamento e das Infraestruturas determinou o “alargamento do regime de modulação horária e de descontos especiais” para veículos pesados de mercadorias nestas mesmas autoestradas como forma de “mitigar os efeitos das portagens na atividade económica e exportações e concretamente nos custos do transporte de mercadorias”.

Assim, o regime em vigor desde 2012 de descontos adicionais de 10% no período diurno e 25% em período noturno e fim-de-semana para os pesados de mercadorias passa para 15% e 30%, respetivamente, e é igualmente alargado à autoestrada A4 e Túnel do Marão. O período noturno também é alargado, em mais duas horas, passando a ser das 20h00 às 07h59, quando até aqui se fazia entre as 21h00 e as 07h00.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: Nacho Doce/Reuters

Obrigações. Lesados da PT Finance vão processar bancos

Mario Draghi

BCE mantém taxas de juro e programa de compra de ativos inalterados

Rosa Cullel, CEO da Media Capital

Dona da TVI com lucros de 1,9 milhões até março

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Portagens com desconto de 15% em cinco autoestradas do País