Espaço

Porto espacial de Santa Maria com 3 consórcios qualificados

Falcon 9, o foguetão da SpaceX destinado ao transporte de satélites e naves espaciais
Falcon 9, o foguetão da SpaceX destinado ao transporte de satélites e naves espaciais

O Governo da República aprovou no dia 07 de março a criação da agência espacial portuguesa Portugal Space, com sede na ilha de Santa Maria.

O concurso para a construção, operação e exploração de um porto espacial na ilha de Santa Maria, nos Açores, tem três consórcios qualificados para a segunda fase, indicou o Governo dos Açores esta sexta-feira.

Os consórcios foram selecionados pelo júri do procedimento, “tendo agora um prazo de 20 dias para entregarem as propostas de solução técnica, de acordo com a memória descritiva do procedimento”, diz o executivo, sem adiantar as nacionalidades dos concorrentes.

“O procedimento em causa é composto por três fases distintas, sendo que os consórcios agora notificados passam à próxima fase, em que serão avaliadas as soluções técnicas que apresentarem, com vista à participação na fase de diálogo com o júri”, prossegue nota enviada à imprensa pelo Governo dos Açores.

Agora, o júri vai tentar identificar a melhor solução com vista à preparação das especificações que, na última fase, serão objeto do caderno de encargos ao qual os candidatos selecionados responderão com uma proposta final.

Numa primeira fase, em 2018, o Programa Internacional do Atlântico para o Lançamento de Satélites recebeu 14 propostas de consórcios internacionais, que “manifestaram o interesse em colaborar com empresas portuguesas e centros de investigação e engenharia portugueses para conceber, instalar e operar um porto espacial na ilha de Santa Maria”, tendo sido selecionados cinco consórcios.

Os candidatos selecionados serão convidados a enviar uma proposta final para a solução acolhida pelo júri, composto pela presidente da Agência Espacial Portuguesa, Chiara Manfletti, pelo vice-presidente da agência e coordenador da estrutura de missão dos Açores, Luís Santos, pelo presidente do Conselho de Administração da Sociedade para o Desenvolvimento Empresarial dos Açores (SDEA), Vítor Fraga, e por outras personalidades da Fundação para a Ciência e Tecnologia e do meio académico.

Inicialmente estava previsto que o contrato para a instalação e funcionamento do porto espacial de Santa Maria fosse assinado em junho deste ano, para que os primeiros lançamentos de pequenos satélites ocorressem no verão de 2021.

O Governo da República aprovou no dia 07 de março a criação da agência espacial portuguesa Portugal Space, com sede na ilha de Santa Maria.

Uma das missões da Portugal Space será promover “novas atividades e negócios” no setor espacial, em particular na observação da Terra com pequenos satélites, e “facilitar uma maior participação de Portugal nos programas europeus”, da Agência Espacial Europeia (ESA) e da União Europeia.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (E), conversa com o ministro de Estado e das Finanças, João Leão (D), durante o debate e votação da proposta do orçamento suplementar para 2020, na Assembleia da República, em Lisboa, 17 de junho de 2020. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Orçamento suplementar mantém despesa de 704 milhões de euros para bancos falidos

Jorge Moreira da Silva, ex-ministro do ambiente

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Acordo PS-PSD. “Ninguém gosta de um planalto ideológico”

Mario Draghi, presidente do BCE. Fotografia: Reuters

Covid19. “Bazuca financeira tem de fazer mira à economia, desigualdades e clima”

Porto espacial de Santa Maria com 3 consórcios qualificados