Portugal 2020 já apoiou 300 projetos hoteleiros no total de 300 milhões

Surgem entre este ano e o próximo à volta de 90 novos hotéis em Portugal, mas também há obras de melhoria e requalificação diz Caldeira Cabral

Os fundos do Portugal 2020 já apoiaram "mais de 300 projetos hoteleiros", afirmou esta sexta-feira Manuel Caldeira Cabral, que encerrou o Congresso da Hotelaria e Turismo.

"A dinamização da oferta faz-se pelos instrumentos financeiros com o lançamento de um de um conjunto importante de instrumentos, disse o Ministro da Economia, destacando a importância de ferramentas como a Linha de Requalificação da Oferta, Novo Fundo de Turismo, ou do “Portugal 2020 em que já apoiámos mais de três centenas de projetos hoteleiros em mais de 300 milhões de euros”, disse.

Caldeira Cabral lembrou a Estratégia 2027 em que o governo aposta numa dinamização do número de turistas por todo o território e destacou “em muitas destas regiões a palavra potencial era demasiado usada” e que esse tempo acabou. “Em vez de potencial falemos de crescimento real”, exclamou o governante, que destaca o importante crescimento da região Centro do País, que acolheu dois dias de debate dedicados à indústria do alojamento e do turismo.

O ministro destacou ainda, perante uma audiência de hoteleiros e gestores turísticos, que Portugal apresenta “um aumento muito grande do número de turistas, o maior crescimento do sul da Europa”, mas também “está a destacar-se como destino turístico e como destino que acolhe bem”.

Parte deste acolhimento, destacou, tem a ver com "obras de melhoria, expansão e renovação de unidades", mas também abertura de novos espaços e que "entre este ano e o próximo são quase 90", disse Caldeira Cabral.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de