BTL

Portugal lança plano de ação para ser uma referência no enoturismo

O setor do Enoturismo gera cerca de 2,5 mil milhões de euros a nível mundial.

Turismo de Portugal apresentou um plano de ação para o enoturismo que está assente em nove prioridades.

“Não podemos perder mais tempo. Portugal é o melhor destino do mundo. Os vinhos são dos melhores do mundo mas não somos reconhecidos como um destino de enoturismo”. As palavras são de Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal, na apresentação do plano de ação para o enoturismo. O responsável não esconde que a ambição é transformar Portugal num destino de referência do enoturismo.

Apresentado na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), este plano de ação o turismo que “casa” precisamente vinhos com experiências turísticas, assenta em quatro prioridades: valorização do território, qualificação da oferta de produtos e serviços, capacitação dos recursos humanos e, por fim, a promoção no sentido de acrescentar valor nas exportações de vinho.

Assim, este plano tem nove pontos. O primeiro passa pela recolha daquelas que são as boas práticas para produtos e serviços nesta cadeia de valor, seguido pela criação de uma plataforma – a Portugal Wine Tourism – onde vão estar os principais players nacionais nesta área, quer sejam do segmento do alojamento, quer seja ao nível das experiências enoturistícas disponíveis ao longo do território nacional.

O Turismo de Portugal acredita também que é necessário promover o enoturismo nacional fora de fronteiras, levando o que se faz cá para o estrangeiro, bem como dar a conhecer as experiências de enoturismo aos estrangeiros através nomeadamente de visitas a Portugal por parte jornalistas internacionais. A captação de eventos de cariz internacional é também um aposta bem como a formação de recursos humanos em especial nesta área.

As metas para 2020/2021 apresentados por Luís Araújo, no âmbito deste programa, passam por ter mais de 1600 pessoas abrangidas por uma formação específica em enoturismo, ter mais de 500 empresas reconhecidas e promovidas na plataforma Portuguese Wine Tourism, ter mais de 90% dos turistas que visitem unidades de enoturismo a avaliar positivamente a experiência e ter cerca de cinco dezenas de iniciativas de promoção do enoturismo em feiras e eventos internacionais.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O empresário Joe Berardo à chegada para a sua audição perante a II Comissão Parlamentar de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e à Gestão do Banco, na Assembleia da República, em Lisboa, 10 de maio de 2019. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Joe Berardo: “Tenho servido de bode expiatório”

Carlos Costa. Foto: JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

BdP vai divulgar relatório dos grandes devedores mas incompleto

O ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: José Sena Goulão/Lusa

Centeno assegura clarificação das dúvidas do BCE

Outros conteúdos GMG
Portugal lança plano de ação para ser uma referência no enoturismo