Energia

Portugal produz quadros elétricos da Siemens para Alemanha e Bulgária

Fotografia:   REUTERS/Michaela Rehle
Fotografia: REUTERS/Michaela Rehle

Fábrica de Corroios da multinacional alemã espera que possa haver linha de produção dedicada ao fabrico destes quadros elétricos

É a partir da fábrica da Siemens de Corroios, no concelho do Seixal, que estão a ser produzidos quadros elétricos modulares de média tensão Simosec. Até aqui, estes quadros eram feitos na fábrica de Frankfurt da multinacional alemã. Usado na área das infraestruturas e da distribuição de energia pelas PME elétricas e industriais, este produto vai começar a ser exportado, a partir deste mês, para Alemanha e Bulgária.

A experiência dos funcionários desta fábrica portuguesa é uma das principais razões para esta escolha: “Graças aos largos anos de experiência e conhecimento dos seus colaboradores, a fábrica da Siemens em Corroios foi reconhecida como tendo as condições ideais para a produção deste equipamento, num ciclo que vai desde a pré-fabricação de componentes até à elevada qualidade de montagem, eletrificação e ensaios”, assinala a Siemens em nota enviada às redações esta segunda-feira.

Exemplo de quadro elétrico Simosec, de média tensão. Fotografia: DR

Exemplo de quadro elétrico Simosec, de média tensão. Fotografia: DR

A Siemens conta produzir cerca de 600 quadros elétricos deste género por ano em Portugal. Há planos para que “num futuro próximo, venha a haver uma linha dedicada apenas a este produto”. 95% da produção desta fábrica da Siemens destina-se ao estrangeiro e para países como Alemanha, Angola, África do Sul, Austrália, Brasil, Coreia do Sul, Egipto, Emirados Árabes Unidos e México.

Atualmente, a Siemens Portugal dá emprego a 1740 pessoas, distribuídas pela fábrica de Corroios e de 23 centros de competência.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Lisboa,  29/09/2020 - Ursula Von der Leyen, Presidente da Comissão Europeia.
(Paulo Alexandrino/Global Imagens)

Ursula von der Leyen. “Portugal é único e tem agora oportunidades maravilhosas”

Portugal's Prime Minister Antonio Costa speaks during presentation of the European and Portuguese Recovery and Resilience Plans, at Champalimaud Foundation, in Lisbon, Portugal, 29 September 2020. Ursula Von Der Leyen is in Lisbon for a two-day official visit. MÁRIO CRUZ/LUSA

Portugal recorrerá só a subvenções. Empréstimos só quando situação melhorar

ANTONIO COTRIM/ LUSA

Von der Leyen: Instrumento “SURE é um escudo para os trabalhadores e empresas”

Portugal produz quadros elétricos da Siemens para Alemanha e Bulgária